Posts com Tag ‘Nude’

Quando pensamos em tendências de moda dá para pensar também em tendências para perfumes? Por exemplo, uma tendência militar, pesada, de inverno, poderia ensejar tipos de perfumes com uma composição muito maior de óleos essenciais, da espécie Eau de PARFUM, ou uma tendência navy, bem verão, ensejaria perfumes cítricos, refrescantes, da espécie Eau de TOILETTE ou Eau de Cologne. Será que isso ocorre?

Sim, é mais ou menos por aí! As tendências de moda são, em sua grande parte, reflexo da sociedade em que vivemos – do comportamento, dos fatos, da história, dos desejos e das perspectivas futuras. Isso reflete nas roupas, nos acessórios, nas cores, criando todo um contexto que também vai interferir nas fragrâncias, nas suas embalagens, e no seu conceito.

Querem alguns exemplos?

Nos anos 80, onde tudo era exagerado, a perfumaria também ficou exagerada, com “o nascimento das fragrâncias lineares de efeito instantâneo, irradiador e constante. Na mesma época surgiu Paris de YSL, um perfume Godzila com notas de pétalas de rosa, flor de laranjeira, mimosa, acássia, bergamota, jacinto, violetas, jasmim, orris, ylang ylang, lírio do vale entre outras. Um floral extremamente intenso e exagerado” – é o que ensina o artigo da Simone Shitrit, especialista em fragrâncias e consultora olfativa.

Nos tempos atuais, por exemplo, estamos vivendo uma moda que resgata muitas décadas do passado, anos 40, 50, 60… Segundo alguns especialistas, esse resgate do passado reflete a necessidade de se buscar segurança e conforto num período de economia instável. Conservadorismo também é palavra-chave (lembram da relação do uso das saias longas – mais conservadoras – com períodos de crise?). Os perfumes tendem a acompanhar esse ritmo. Em outro artigo, a Simone Shitrit revela que “esses sentimentos serão traduzidos pela volta ao passado e procura por florais – notas de rosas e violetas que tanto agradavam nossas mães e avós”. Ou seja, perfumes mais conservadores! Não é hora de investir numa extravagância! Juntando com o minimalismo dos anos 90 que está voltando a ser tendência, tudo se encaixa!

E até o nude entra na onda! “Assim como a tendência nude tomou conta da estação, o branco tomará conta dos perfumes. Veremos White musc (almíscares brancos), White cashmere (cashemira branca) e White Suede (camurça branca) entre outras”.

Sobre as perspectivas futuras, a tendência atual para perfumes também tem traduzido a procura por um futuro mais excitante e misterioso: “Procuraremos mais cores, novas experiências e mais alegria. Notas cítricas leves, amadeiradas mornas e notas ligadas à terra serão um fator comum nos perfumes deste ano. Isto é o que prevê Mary Ellen Lapzsanky, a presidente da Fragrance Foundation”.

Paula, alquimista da Avon, no Espaço Sensações

Essa semana visitei o Espaço Sensações da AVON, que está no 2º piso do Shopping Iguatemi – Salvador, e pude conversar com a Paula, alquimista do grupo, sobre o assunto. Ela acrescentou a existência de uma tendência de parcerias entre perfumaria e fashionistas (Herve Leger Femme, U by Ungaro, Lacroix Absynthe) ou pessoas famosas de grande destaque e influência (como a Fergie, do Blackeyed Peas e o seu perfume Outspoken, e a Reese Witherspoon e o In Bloom). Seria uma releitura do conceito de “fragrâncias de nicho”, onde marcas e celebridades lançam perfumes alternativos com certa liberdade para imprimir seus gostos e preferências por notas que definirão o aroma do perfume.

Fergie e o seu perfume: criação alinhada às suas preferências

Outro ponto que se busca ao criar um perfume é o conceito  de homem ou mulher contemporâneos que pode ser traduzido em óleos essenciais. É o que acontece, por exemplo, com o perfume Ironman, da Avon, como explica a Paula, que traduz o perfil do atleta, moderno, que sai da ginástica, toma um bom banho e quer sentir o frescor do dia na sua pele! Para isso, acordes frescos, colônias mais leves, que conversam com o agito do corpo, acalmando-o e trazendo uma sensação de energia e liberdade para o seu dia.

O conceito de atleta contemporâneo que inspira o Ironman

Tantas “notas” e “acordes” aromáticos dialogando harmonicamente com o nosso ritmo de vida (tendências) só podem resultar numa bela melodia.

Anúncios

Aqui no blog tem as tendências das principais fashion weeks pelo mundo, e as principais do Brasil, e até as de vestidos de noivas, mas, de todas, a que eu mais gostei de analisar foi essa desse post aqui: o Barra Fashion Mall! Tendências da minha terra, com desfiles que eu vi ao vivo, tive acesso aos releases, enfim, não poderia ser mais perfeito!

Então você baiana que quer saber o que já está bombando nas araras das lojas de Salvador para se preparar para o verão (ou melhor, pra usar djá, que o verão já chegou por aqui), ou você turista que quer saber o que vai estar em alta na terra do axé, ou você leitora do mundo jet setter que adora saber uma novidade, se liguem nas tendências mais quentes:

1. Volume

Se vc cansou da silhueta apertadinha com aquela bolsinha apertadinha, sapatinho meia pata apertadinho, pra chegar na Just 1 ou na club Ego e tentar arriscar sem sucesso alguns passinhos de dança, já pode respirar aliviada! Está chegando como alternativa uma modinha mais solta, mais volumosa, de silhueta mais confortável, seja nas sainhas, seja na parte de cima, seja no vestido como um todo!

E essa tendência do volume traz também o efeito 3D, que é essa parte de pano que salta da roupa, seja babadinho, seja em formato mais estruturado/arquitetônico, seja o floral 3D. Acho bem moderno, apesar de que sair toda trabalhada no volume é meio arriscado e quebra bastante a feminilidade do look. Mas um pouquinho de volume faz super bem se localizado em regiões estratégicas! ;o)

2. Assimetria

A modinha de um ombro só está nas alturas, pode se apegar a ela! Mas não só de um ombro se vive a assimetria, e os vestidos de cortes irregulares também entram na onda! Esse vestido estilo o da Mari Weickert (Alphorria) vai brilhar nas festonas noturnas de verão.

3. Transparências

E o desfile coletivo da Vivire heim? Todo na tendência das transparências, do jogo do mostra-esconde que fica perfeito em se tratando de praia, quando mostrar o biquini está liberado geral (diferente de mostrar a lingerie né?). Mas quando não se está na praia, vale apostar na não-transparência, usando a peça fina por cima das roupas como uma “capinha” ou dando um efeito sombreado. Assim, a transparência vai até o vestido de festa (Fábio Sande) evidenciando o não óbvio.

4. Cintura alta

Continua forte. Não só nas saias, mas também nos shorts e biquinis, sempre curtos, bem verão.

5. Desenhos geométricos

É a estampa da vez! Floral está sempre em alta, principalmente na primavera-verão, mas pra ficar com cara de século XXI, embarque na geometria. Misturar estampas geométricas então… é informação de moda das boas para o seu look!

6. Foco nos colares

Os colares neste verão serão extensão da roupa, muitas vezes atraindo o foco para si. Quanto mais pedras, quanto mais voltas, quanto mais colares, e aí, de quebra, vc já pode até virar baiana do acarajé ! Hehe ;D

Mas, vejamos, olha que riqueza esses modelos abaixo, e olha que diferenciado esse colar com efeito de renda da Nina! E o mais atual são as jewel-encrusted clothing, que são aquelas roupas que já dão o efeito de colar ou outras jóias costuradas na própria peça! É super tendência e foi aposta da Alphorria e do estilista baiano Fábio Sande. Muito glamour!

7. Macacão

Desde o verão passado que a tendência vem se fortalecendo, e agora está mais fácil achar macacões ou macaquinhos dos mais diversos modelos por aqui. E os dessa vez são mais soltinhos, seguindo a tendência da silhueta solta, com pantalonas, gancho baixo, ou efeito “blusê” na parte de cima. Macacão é tudo de bom no verão!

Querem saber mais? Na coletiva de imprensa do Barra Fashion Mall, a estilista da Alphorria, Edna Thibau, “largou o doce” de mais algumas tendências boas deste verão:

8. Cores vibrantes x Nude x Azúis fortes, verde água e turquesa;

9. Estampas com movimento (águas, ecológicas e curvas);

10. Fluidez;

11. Flores / estampa liberty;

12. Minimalismo;

13. Romântico;

14. Tecidos memories (tecidos que têm memória! Desamassam facilmente), evidenciando os minerais: ouro, prata e bronze;

15. Seda casual de leve à pesada. Delavadas e as estonadas;

16. Linho amassado, com leve brilho e no jeans;

17. Shape drapeado (olha aí a opção pra quem adora um shape mais coladinho);

18. Vestido tubo;

19. Manga curta e elaborada / Origami na manga;

20. Cintura marcada;

21. Saia lápis;

22. Saia godê (anos 50 e 60);

23. Pantalona;

24. Gancho baixo continua só que desta vez na calça cenoura (e a saruel perde força);

25. Calçados altíssimos e muita madeira.

Imagens: Débora Paes
Montagens: Caçadora de Tendências

A convite do Shopping Barra e da Santa Clara Comunicação, fui caçar tendências no Barra Fashion Mall! O primeiro dia de desfiles foi bastante agitado com direito a desfile de novos talentos, desfile de jóias do Carlos Rodeiro, exposição de fotos e muita badalação. Confiram o que o pessoal da moda e formadores de opinião pensam quando o assunto é #tendências:

Ildi Silva

(Atriz)

Caçadora de Tendências Ildi, você segue tendências?

Ildi – Sim! Adoro!!

A Ildi gosta de se inspirar nas revistas, mas sempre adaptando as tendências ao seu estilo!

CT – Peça must-have para o próximo verão?

Ildi Muuuita renda!!!

Renda nas cores preta, nude, e tons pastéis serão a aposta da Ildi para os seus looks que, afirma, já comprou dois vestidos na tendência! Assimetria e o estilo ladylike também figuram no seu guarda-roupa de verão.

Fernando Torquatto

(Maquiador, fotógrafo e consultor de estilo)

CT – Em se tratando de maquiagem, quais são as tendências para este verão?

TorquattoNas cores: tons pastéis (amarelinho, verdinho, cores de cupcake!), azul elétrico, dourados, bronzes e marrom cintilante.

O rosa pálido ou nude para os lábios serão tendência. O batom vermelho “vivo”, mais aceso, também entra em cena, combinado com os olhos nos tons dourado ou bege.

CTCombinar batom com o look pode?

TorquattoCombinar o batom na mesma cor do look ainda é over, mas com essa moda dos anos 60 isso está voltando, porém o ideal é não colocar o batom na mesma cor da roupa, e sim variar os semitons dentro da mesma cor.

CTO batom é a nova sombra?

TorquattoMercadologicamente falando, o batom tem mais poder do que a sombra – compra-se mais batons do que sombra. Portanto, o batom é sempre um item essencial na maquiagem da mulher brasileira.

CTMas em se tratando de cores, há muito mais variedades hoje. Será que essa tendência dos batons roxos, que estão bombando nos editoriais das revistas de moda, pega aqui no Brasil?

TorquattoSim, o berinjela é uma cor de batom boa que está voltando a usar. Mas não é para qualquer uma – tem que saber usar e não é com todo mundo que combina.

CTO que está out em termos de maquiagem? Ou para maquiagem vale-tudo?

Torquatto Batom muito metalizado está out. O tipo de brilho mais atual tende para um acetinado ou no máximo gloss com partículas de brilho.

Lucy Horn

(Modelo)

CTQual é a peça must-have para este verão?

LucyCouro!!!

A Lucy ama couro, inclusive no verão, e aposta nesta tendência como peça must-have do seu guarda-roupa.

CTE o que vc jamais usará?

LucyPantalona! Apesar dessa moda estar voltando, não combina comigo!

Henri Castelli

(Ator)

CTVocê segue tendências?

HenriNa verdade, minha mulher que me ajuda a estar atualizado nas tendências!!

O Henri, apesar de não estar super ligado nas tendências, mostrou que para ter estilo é preciso estar aberto à moda.

CTVocê desfilou para o Carlos Rodeiro, designer de jóias baiano. Você costuma usar jóias?

HenriPrefiro presentear com jóias, mas adorei a “fitinha” do Senhor do Bonfim prateada que usei no desfile.

Leila da Cruz

(Estilista baiana vencedora do Novos Talentos 2009)

CTVocê segue tendências?

LeilaUma coisa ou outra, pois sempre estou com os radares ligados para o que está acontecendo, mas prefiro enxergar as tendências como uma inspiração.

CT No desfile da sua coleção vimos muito voilette enfeitando as modelos, que está se usando muito nos editoriais de moda. Foi neles que você se inspirou?

LeilaNa verdade me inspirei numa vitrine, onde vi esse voilette e achei que tinha tudo a ver com a minha coleção, onde associei a uma colheita e essa “rede” acolheria todas essas referências.

Carlos Rodeiro

(Joalheiro)

CTAo criar suas peças, você segue tendências?

RodeiroSim!! Esta coleção mesmo veio muito colorida para o verão, apostei no mix de materiais, como a turquesa com brilhantes e o coral com o rubi.

Carlos Rodeiro super antenado nas tendências! Se o “mix de texturas” está em alta nas roupas, o “mix de materiais” é uma tendência forte para os acessórios!

 

 Essa semana vocês ainda conferem aqui no blog muito mais de BF Mall! Stay connected! ;D

Como já foi observado aqui no blog, o selvagem, a guerrilha, o drama, o heavy metal estão sempre inspirando ou servindo de contraponto às tendências que vêm surgindo. Mesmo referências que, a princípio, são associadas a romantismo e delicadeza (tule!) não conseguem quebrar de todo essa tendência animalesca.

Tanto nas roupas, quanto na maquiagem, tudo o que remete a esse espírito de estou-pronta-pra-batalha tem sobressaído com certa razoabilidade nos caminhos da moda.

Roupas rasgadas, militarismo, cabelo bagunçado, maquiagem borrada (e olho esfumado, gloss escuro, efeito molhado, dormi-de-maquiagem e derivados), batom dark (preto e até os tons de vermelho que estão muito mais fechados para o vinho), underground, spikes, mistura de animal print num mesmo look (onça, leopardo, zebra e até girafa – sempre os não domesticados!), sapatos pesados, muita plataforma, jeans + jeans (ô look carregado), e muito mais!

Quer romance? Vá ler um livro, e de preferência com seus óculos super nerd, bem intelectualóides e bem marcantes, pra enxergar melhor, pra pensar melhor. Até para as noivas os detalhes em preto contrastam no vestido de princesa.

O nude virou camelo – é preciso se expressar, não há mais espaço para passar desapercebida. Se antes a moda queria esconder, para outros valores sobressaírem, agora é hora de colocar uma armadura e sair à luta, aparecer, mostrar ao mundo a que se veio. Daí que, até no universo dos neutros, é preciso ter uma cor mais expressiva. (E não poderia haver nome melhor do que camelo – o selvagem dos neutros!)

Até o inverno, todo esse drama tem predominado, ainda que subliminarmente, no mundo da moda. Vamos aguardar as tendências de verão para ver se esse vai ser ou não um perfil de todo o ano, em que a gente sente necessidade de dar a cara a tapa e ir à luta, sobreviver a traumas políticos, sociais e ecológicos sem tempo para consertar o delineador, se equilibrar na instabilidade das bolsas e do mercado de capitais (calma, Grécia!), e continuar correndo para superar tudo, virando noite, se esforçando para segurar as pontas para que, até o final do ano, tudo corra bem.

Será?

E que venham as tendências do Fashion Rio e do São Paulo Fashion Week, edição de verão!

2010: o ano do Turquesa?

Publicado: dezembro 25, 2009 em Cores
Tags:, ,

O Instituto Pantone, referência internacional em pesquisa e identificação de tendência de cores, através do seu “sistema” Fashion & Home (que eles chamam Pantone Fashion & Home Color System), anunciou a cor que vai inspirar 2010: o turquesa!

Que o turquesa vai pegar nesse verão dos trópicos, é fato. Mas isso não é tendência.. é, digamos, estilo de vida! Turquesa, branco, dourados são naturalmente associados às cores do verão. A dúvida é: será que essa cor vai ultrapassar a temporada de sol e se consolidar como referência de cor do ano, ao  final de 2010?

Basta observar que a cor eleita pelo mesmo instituto para o presente ano de 2009 foi o amarelo “mimosa”. Todavia, o que mais marcou foi o nude – tanto no Brasil, quanto lá fora, tanto nas passarelas, como fora delas, tanto nas roupas, quanto nos acessórios, sapatos, make.

A cor nude marcou presença em 2009, e nem sinal do amarelo mimosa inicialmente previsto!

Com esse contraste entre previsão e mundo-real, também não é certo que o turquesa será a vontade de todo mundo em 2010. E se 2009 foi um ano de conseqüências de crise, um ano em que não só o Lacroix pediu falência, como outras tantas grandes marcas entraram em recessão (Luella, Versace, Yohji Yamamoto, Cavalli…), o nude foi a vontade de vestir “nada” – o minimalismo do glamour, a “não-cor” que trazia a elegância de um ano sem excessos. E se há previsões de melhorias para 2010, também não dá pra se falar em clímax do ciclo econômico! É tempo de recuperação, de ascensão, o que acarreta certos cuidados, ainda não se pode beirar o exagero! E o turquesa traz essa idéia de tranquilidade, de praia, de férias, de vida ganha! O que não necessariamente condiz com a atmosfera ainda austera em que vivemos…

Se eu fosse dar um palpite, eu chutaria uma cor mais forte para 2010 – fazendo um contraponto ao nude (lembrem que é tempo de recuperação!), mas não tão despreocupada quanto o turquesa. Eu ficaria entre o vermelho escuro e o laranja, que é uma cor estimulante, de movimentação, de criatividade, de lutar e seguir em frente!

De qualquer forma, o turquesa JÁ É tendência nos desfiles internacionais de Primavera 2010 (ainda que não resulte em cor do ano). Clica na foto abaixo pra ver em tamanho [su]real:

E vida longa ao blog, para que ao final de 2010 possamos conferir qual foi realmente a cor do ano. Vamos fazer um bolão? ;o)