Posts com Tag ‘Moda baiana’

Em setembro saiu uma reportagem no Estadão sobre caçadores de tendências, e em determinado trecho, onde se apontam algumas macro-tendências, diz assim:

“Buscar o controle da vida e reconstruir o mundo em cima de outros eixos também está em alta. Seria um desdobramento da sustentabilidade. Valorização de produtos locais e da criatividade individual.”

Daí que poucos dias depois fui ao Barra Fashion e tive a oportunidade de conversar com alguns estilistas locais sobre suas inspirações e coleções. Percebi que, apesar de em algum momento suas coleções convergirem [inevitavelmente] para must-haves globais (afinal estamos todos expostos, de certo modo, às mesmas influências, aos mesmos filmes, mesmos livros, mesmas notícias), o direcionamento é outro, sem a preocupação do estar-alinhado-às-tendências, e sim mantendo o foco na mulher contemporânea desenhada a partir das suas visões de mundo, que pode ser baiana ou não, mas que por estes estilistas serem e estarem na Bahia, tais influências são imprimidas de alguma maneira na moda que criam.

Leila da Cruz pensa a moda para uma mulher global com referências

Como afirmou a estilista baiana Leila da Cruz, a sua moda é para uma mulher global com referências! Leila, enquanto criadora, gosta de estar com os “radares ligados” para captar uma coisa ou outra de inspiração, apesar de não estar voltada para as tendências ditadas pela moda. “O olhar da mulher baiana se abre com estilistas locais” – reflete. Além de Leila da Cruz, os estilistas Luciana Galeão, Karol Farias, Vinicius Cerqueira e Fábio Sande compõem o time que desfilou no último Barra Fashion Mall coleções que possibilitam essa abertura.

Luciana Galeão, Karol Farias, Vinicius Cerqueira e Fábio Sande: uma moda inspirada

E quando nós consumimos uma moda local, nós impulsionamos uma moda auto-sustentável, a criatividade, e, porque não, o auto-conhecimento. A partir de uma ótica mais personalizada, de certa forma é traduzido um “sentimento comum” do que realmente queremos naquele determinado momento, independente das bolsas lindas da Mulberry ou do sapato desejo da Chanel (e que a gente pode usar em diversas ocasiões!), mas também porque há certos momentos em que é preciso repensar a moda para a vida que a gente leva: quando o verão chega, quando o Baêa joga, ou quando você vai a um Caruru, quando os bares estão fechando na hora que a gente deveria estar começando a se arrumar pra ir pra balada pro reggae, quando a gente sente frio aos 23 ºC, ou vai ver o jazz no MAM, quando é convidada para um casamento chiquerésimo (mas que dá pra ir de curto!) no Espaço Unique ou a uma formatura na piscina de ondas desativada do Wet´n Wild, ou até mesmo quando acontece um show lindo internacional em meio àquele barro do Parque de Exposições, por mais golden que seja a sua pista! Nessas situações, o que a gente mais quer é estar adequada. E sustentabilidade é também adequação.

Imagens: reprodução
Montagens: Caçadora de Tendências

Anúncios

Aqui no blog tem as tendências das principais fashion weeks pelo mundo, e as principais do Brasil, e até as de vestidos de noivas, mas, de todas, a que eu mais gostei de analisar foi essa desse post aqui: o Barra Fashion Mall! Tendências da minha terra, com desfiles que eu vi ao vivo, tive acesso aos releases, enfim, não poderia ser mais perfeito!

Então você baiana que quer saber o que já está bombando nas araras das lojas de Salvador para se preparar para o verão (ou melhor, pra usar djá, que o verão já chegou por aqui), ou você turista que quer saber o que vai estar em alta na terra do axé, ou você leitora do mundo jet setter que adora saber uma novidade, se liguem nas tendências mais quentes:

1. Volume

Se vc cansou da silhueta apertadinha com aquela bolsinha apertadinha, sapatinho meia pata apertadinho, pra chegar na Just 1 ou na club Ego e tentar arriscar sem sucesso alguns passinhos de dança, já pode respirar aliviada! Está chegando como alternativa uma modinha mais solta, mais volumosa, de silhueta mais confortável, seja nas sainhas, seja na parte de cima, seja no vestido como um todo!

E essa tendência do volume traz também o efeito 3D, que é essa parte de pano que salta da roupa, seja babadinho, seja em formato mais estruturado/arquitetônico, seja o floral 3D. Acho bem moderno, apesar de que sair toda trabalhada no volume é meio arriscado e quebra bastante a feminilidade do look. Mas um pouquinho de volume faz super bem se localizado em regiões estratégicas! ;o)

2. Assimetria

A modinha de um ombro só está nas alturas, pode se apegar a ela! Mas não só de um ombro se vive a assimetria, e os vestidos de cortes irregulares também entram na onda! Esse vestido estilo o da Mari Weickert (Alphorria) vai brilhar nas festonas noturnas de verão.

3. Transparências

E o desfile coletivo da Vivire heim? Todo na tendência das transparências, do jogo do mostra-esconde que fica perfeito em se tratando de praia, quando mostrar o biquini está liberado geral (diferente de mostrar a lingerie né?). Mas quando não se está na praia, vale apostar na não-transparência, usando a peça fina por cima das roupas como uma “capinha” ou dando um efeito sombreado. Assim, a transparência vai até o vestido de festa (Fábio Sande) evidenciando o não óbvio.

4. Cintura alta

Continua forte. Não só nas saias, mas também nos shorts e biquinis, sempre curtos, bem verão.

5. Desenhos geométricos

É a estampa da vez! Floral está sempre em alta, principalmente na primavera-verão, mas pra ficar com cara de século XXI, embarque na geometria. Misturar estampas geométricas então… é informação de moda das boas para o seu look!

6. Foco nos colares

Os colares neste verão serão extensão da roupa, muitas vezes atraindo o foco para si. Quanto mais pedras, quanto mais voltas, quanto mais colares, e aí, de quebra, vc já pode até virar baiana do acarajé ! Hehe ;D

Mas, vejamos, olha que riqueza esses modelos abaixo, e olha que diferenciado esse colar com efeito de renda da Nina! E o mais atual são as jewel-encrusted clothing, que são aquelas roupas que já dão o efeito de colar ou outras jóias costuradas na própria peça! É super tendência e foi aposta da Alphorria e do estilista baiano Fábio Sande. Muito glamour!

7. Macacão

Desde o verão passado que a tendência vem se fortalecendo, e agora está mais fácil achar macacões ou macaquinhos dos mais diversos modelos por aqui. E os dessa vez são mais soltinhos, seguindo a tendência da silhueta solta, com pantalonas, gancho baixo, ou efeito “blusê” na parte de cima. Macacão é tudo de bom no verão!

Querem saber mais? Na coletiva de imprensa do Barra Fashion Mall, a estilista da Alphorria, Edna Thibau, “largou o doce” de mais algumas tendências boas deste verão:

8. Cores vibrantes x Nude x Azúis fortes, verde água e turquesa;

9. Estampas com movimento (águas, ecológicas e curvas);

10. Fluidez;

11. Flores / estampa liberty;

12. Minimalismo;

13. Romântico;

14. Tecidos memories (tecidos que têm memória! Desamassam facilmente), evidenciando os minerais: ouro, prata e bronze;

15. Seda casual de leve à pesada. Delavadas e as estonadas;

16. Linho amassado, com leve brilho e no jeans;

17. Shape drapeado (olha aí a opção pra quem adora um shape mais coladinho);

18. Vestido tubo;

19. Manga curta e elaborada / Origami na manga;

20. Cintura marcada;

21. Saia lápis;

22. Saia godê (anos 50 e 60);

23. Pantalona;

24. Gancho baixo continua só que desta vez na calça cenoura (e a saruel perde força);

25. Calçados altíssimos e muita madeira.

Imagens: Débora Paes
Montagens: Caçadora de Tendências

A marca baiana Di Sampaio, da estilista Thaiana Sampaio, completou um ano em evento realizado nesta terça-feira com uma coleção inspirada “No Fim do Arco-íris”. Cheia de brilho, paetês e ombros decorados, a nova coleção está bastante antenada com as tendências de moda que estão chegando com tudo para este inverno.

O blog foi conferir de perto esta coleção e entrevistar a estilista, sempre de olho nas tendências, é claro!

1 – Como estilista, qual a sua relação com as tendências? Qual a influência delas no seu processo criativo?

“De fato tenho que acompanhar tudo o que rola na moda, pois a moda é muito mutável, instável, portanto uma coisa que hoje é estilosa e moderna amanhã pode ser brega…”.

Completa a estilista que o seu processo criativo não se detém apenas a tendências de revistas, sites e blogs, e fala um pouco sobre a inspiração desta última coleção: “para essa coleção me inspirei muito na minha cidade. O brilho do sol no mar, as cores das pessoas, das árvores e das flores da cidade foram uma das minhas inspirações e referências durante a criação, permeada pela simbologia de sorte do arco-íris”.

2 – E no papel de consumidora, qual a sua relação com as tendências de moda?

“Não sou nem um pouco consumista. As únicas coisas pelas quais sou louca, desesperada, são sapatos e bolsas… Deu para perceber no meu acervo do desfile, né?” (Thaiana tem uma coleção incrível de botas! Praticamente a Sea of Shoes baiana!).

“Faço muito mais compras inteligentes do que por compulsão! Claro que às vezes quero fugir um pouco do estilo Di Sampaio, então invisto em peças que me deixam bonita e confortável!! As pessoas aqui na Bahia tedem a rotular um determinado estilo por fugir do óbvio… Gosto de coisas diferentes, gosto de usar o que ninguém ou quase ninguém tem…Sigo o meu estilo e a minha tendência!”

3 – Já enquanto psicóloga trabalhando com uma moda atual e irreverente, como vc traçaria o perfil do usuário de Moda na Bahia? Ainda existe resistência à aceitação do novo? (Além de ser estilista, Thaiana é formada em psicologia)

“Se as pessoas usassem o que elas queriam, seriam muito mais felizes! Mais elas têm medo de usar, de ousar, de criar uma identidade e personalidade própria. As pessoas têm medo de serem criticadas”.

4 – Qual peça você elegeria como hit do inverno 2010?

“Saia de cintura alta, peças acinturadas, ombros marcados, tachas, todos os tipo de botas (Ankle boots, coturnos etc.) e muito brilho!!”

Imagens do desfile da Di Sampaio em parceria com a Mais Bonita Acessórios

5 – Ícone trendsetter:

“Haaa, tenho várias inspirações… Alexa chung, as irmãs Olsen, Rumi Neely, Olivia Palermo, Kate Moss”.

Trendsetters