Posts com Tag ‘Maquiagem’

Beauté de Ouro

Publicado: março 29, 2011 em Make-up
Tags:, , , , , , ,

Não é de hoje que o douradão está em alta no mundo da moda! Daí que essa semana recebi essa caixinha dourada reluzente que ofuscou a minha visão. Trend alert?

Caixinha dourada da Avon. É muito ouro!!

Era a apresentação promocional da nova coleção de maquiagem Ouro 24k da Avon. Como também já sabemos, tendências são transcendentes, não se limitando às roupas, na maioria das vezes. Veja o caso do nude, veja o caso dos perfumes, e agora também na maquiagem! O ouro do fashion world invadiu o beauty world.

Coleção Ouro 24k

Batom golden pink e o gloss de ouro!

Quarteto de sombras ouro cintilantes

Pra se cobrir de ouro!

Anúncios

1. Cores

Cartela de Cores Verão 2011

2. Óculos

Luxottica apresenta tendências em óculos escuros para o verão 2011 

3. Cabelo

Cabelo natural e com textura seca é aposta para o verão

Cabelo médio e comportado VS ondas fatais – Top hairstylists entregam qual será afinal o cabelo do verão 2011

4. Lingerie

As lingeries que estarão em alta na primavera / verão 2010 – 2011

5. Sapatos

Sapatos do verão 2011 são metalizados, transparentes tipo tamancos ou com salto gatinho

6. Maquiagem

Conversinha com Vanessa Rozan

Maquiadora Senior da MAC aponta as tendências da beleza para o verão 2011

7. Esmaltes

Esmaltes para o verão 2011!

8. Guarda-roupa de trabalho

Confira as tendências de verão apresentadas na SPFW para o ambiente profissional 

9. Hits

Escolhas quentes dos editores de moda

Hits do verão 2011

10. Antitendência

O que as fashionistas não vão usar no verão 2011

***Quer mais links bons sobre tendências? Segue o Twitter do blog! ;o)

Dizem por aí que os anos 90 são os novos anos 80, em termos de referências de moda para a década de 2010. Parece confuso? Muitas décadas juntas numa só oração? Então que tal acrescentar os anos 40, 50, 60 e 70? Too much information? Mas é justamente essa salada de referências passadas que estamos vivenciando na moda de hoje.

Fotografia de moda de 2010

Da década de 40 voltou com força o militarismo, os espartilhos, o tweed. Uma das mais recentes coleções da Louis Vuitton remete à década de 50, assim como a feminilidade ladylike, a silhueta de cintura fina seguida de saia bem rodada e longa, alternando com a saia lápis, o tailleur, os vestidos arquitetônicos, as plumas e os paetês. Já de referências sessentistas temos as flores nos cabelos, um quê de futurismo, o coque alto na cabeça à la Brigitte Bardot. Da década de 70 visualizamos o tie-dye, o étnico, a força do jeans, as jaquetas de couro, o natural look (maquiagem com cara de não-me-maquiei) que foi desfilado na última SPFW como tendência para este verão, o tricô. No âmbito dos anos 90 temos a volta do minimalismo, a camisa xadrez do grunge, o glamour jet-setter (Tom Ford dos anos 90), a exuberância barroca. E a própria década de 80 continua mostrando o ar da graça com o espírito aeróbico através de uma moda mais esportiva, tornezeleiras, ou melhor, polainas (!), o navy e o estilo sagrado e profano ditado pela Madonna, dentre outras TANTAS referências de todas essas décadas.

Afinal, dá pra se falar em “novos anos 80” com tantas referências intertemporais?

Em palestra intitulada “Trinta anos de moda no Brasil – um olhar“, conduzida durante o Barra Fashion Mall, a jornalista Marília Scalzo abordou, além da história da moda brasileira a partir da década de 80, as conexões dessa moda com cultura e comportamento, destacando o surgimento das tribos e como estas evoluíram até os dias de hoje. Após palestra, conversei com a jornalista sobre algumas conclusões que poderiam ser auferidas a partir de tais informações e contextualizá-las aos dias de hoje.

A jornalista Marília Scalzo palestra sobre história da moda no Brasil - Barra Fashion Mall

Pois bem, segundo Marília Scalzo apresentou, as tribos ganharam destaque na década de 80. Bem definidas, cada indivíduo pertencente a uma tribo era facilmente identificável. Todavia, com a evolução do mundo e da sociedade, a velocidade da informação (principalmente da informação de moda) aproximou a convivência dessas tribos de tal modo que nas décadas seguintes já era possível perceber a presença de variadas tribos num só indivíduo: multifacetado, “pluri-estilizado”! A “patricinha” de dia poderia virar uma funkeira à noite, dentre outros aparentes paradoxos que já não são estranhos aos nossos olhos. E hoje já é até muito comum identificar a presença de várias tribos num só look!

Daí porque se pararmos para entender tantas referências a diferentes décadas do passado, percebemos que estas podem conviver na moda tal como as tribos: cada uma contribuindo com o melhor que tem para oferecer.

E por que a moda de determinada década volta? Qual a necessidade dos anos 80, 90 ou qualquer outra década voltar a ser “tendência” de moda?

Segundo Marília, coisas boas do passado sempre voltam pelo simples fato de que elas são boas e, portanto, sempre aproveitáveis. As referências do passado vão e voltam, conforme a necessidade de moda de determinado contexto. Assim, no pós anos 90 não se podia mais ouvir falar em minimalismo – de tão minimalista que foi a moda deste período – e hoje, após um período de descanso (leia-se: uma década!), o minimalismo volta para agradar novamente os olhos cansados dos excessos da década anterior.

Campanhas recentes da Prada, Louis Vuitton e Guess

Assim, os anos 90 podem até serem os novos anos 80, mas não estão sozinhos nessa caminhada: a convivência com as diversas referências do passado se faz presente e é cada vez mais uma tendência para a moda: o convívio de “tribos e referências” num só contexto.

E pra fechar de uma forma filosófica, uma revelação bombástica: nem anos 90, nem anos 80, nem nada: tudo o que volta retorna com novos olhares – os olhares de 2010! Portanto se você acha que vai voltar a usar a modinha dos anos 50, esqueça! E aquele seu moletom do Planet Hollywood e a bolsinha estilo mochilinha que você guardou com tanto carinho no maleiro na esperança de usá-los novamente? Cesta de doação djá! A não ser que você queira incorporar o estilo vintage ao seu look, que não necessariamente te deixará “na moda”! O que passou não volta igual, e tudo o que usamos hoje, por mais grunge (90), punk (80) ou hippie (70) que seja, é uma moda exclusiva de 2010!

Pobres consumidores…

A mulher de ontem e a mulher de hoje

Algumas referências históricas: Guia Fashion Iguatemi; Comunidade Moda anos 40 e anos 60.

 

Todo mundo sabe que as semanas de moda não acontecem apenas nas passarelas! Pelos corredores, bastidores e arredores é possível captar muita gente estilosa, muita coisa boa mesmo! Lancei mão da minha “visão de caçadora” e procurei observar a moda das “ruas” (no shopping!). Entre os desfiles e a correria atrás de entrevistas, exposições, palestras, flagrei alguns bons momentos de moda e, claro, fiquei ligada em tudo, e vou contar para vocês agora! 

As tribos não são uma relíquia da década de 80. Pelo menos em semana de moda elas ainda estão bem definidas: os jornalistas, os fotógrafos, as blogueiras, os estilistas, o pessoal da produção, os convidados e os transeuntes. 

Os jornalistas e fotógrafos sempre vestidos de uma forma mais confortável, para agüentar o pique do sobe-e-desce, ainda que de escada rolante. Sapatinhos baixos, muitos tênis principalmente, eram de lei. Os jornalistas que iam para frente das câmeras investiam num hi-lo de conceitos, com uma roupinha mais formal em cima, e o sapatinho leve embaixo. Os fotógrafos super descolados sempre de mochilas, cartucheiras, e roupas muito confortáveis. Para variar no estilo os acessórios davam o toque final.

Já as blogueiras de moda, bom, aí são um grupinho à parte: o visual é mais do que importante, superando muitas vezes a questão do conforto. Postar looks diários nos seus blogs é quase obrigação e uma boa blogueira numa semana de moda tem que mostrar que sabe das coisas. Palmas especiais para Hello, Liz!, que programou não só os looks, mas cabelo fashionista e maquiagem especial para todos os dias do Barra Fashion Mall! Arrasou demais na produção. E a Lays, do utilidade feminina, investiu nas unhas, é claro: uma cor cobiçada do momento para cada dia! A Bell Pimentel no seu estilo fashionista baiana apostou na moda mais quente do momento e, dentre uma modinha e outra, apareceu com a famosa bolsa 284 de moletom, causando rebuliço por onde passava!! (Aqui em Salvador não vende essas bolsinhas famosas da 284 ou Pop Up Store – ou, ao menos, não tem por aí de fácil acesso para comprar***).

***A Kelly já deu a dica nos comentários que vende na Poire Paradoxus

Meninas da Vivire; Vinicius Cerqueira; Leila da Cruz; e Bell

Os estilistas, é claro, cheios de estilo! Vinícius Cerqueira sempre lindo e estiloso, dava vontade de fotografar o look do dia dele todos os dias! Leila da Cruz foi outra que respirava o ar fashionista na sua produção! Fábio Sande um amor sempre variando seu boné-marca-registrada, Karol Farias super se jogando no conceito apresentado pela sua coleção, enfim, boas fontes de inspiração!

Os convidados queriam se mostrar antenados na moda e nas tendências, o que, se de um lado parecia bom, por outro lado, para uma semana de #moda, o visual parecia um tanto boring, um ctrl+c e ctrl+v de alguma revista, de alguma vitrine, personalidade quase zero. Das clogs das fast fashion às bolsas Chanel e Hermés originalíssimas, de novidade e “interessância” se via muito pouco. E as bolsinhas de matelassê heim? Não se usa outra coisa nesta cidade.

Os transeuntes do shopping que queriam estar no espírito semana-de-moda arriscavam mais nos acessórios, sapatinhos, muito sapato dourado aliás foi visto em todas as tribos, o que é bastante curioso, visto que não lembro de uma tendência de moda recente neste sentido, o que me faz pensar que em algum momento das suas vidas foram mordidos por um bichinho fashion que os fez adquirir golden shoes num impulso consumista e, sem saber como usá-los para a vida, aproveitaram a semana de moda para colocar os pézinhos de fora e dar gasto ao investimento! Bom, pelo menos isso acontece muito com o meu mocassim dourado encalhado na sapateira, e nem na semana de moda consegui usá-lo pela segunda vez (!!!). Sapato dourado é um grito fashion e revolucionário, eu assumo!

Pés fashionistas - Da última tendência dos oxford à novidade das clogs coloridas

O pessoal da produção, e aqui ganham destaque as meninas com a camisa do evento que davam apoio ao departamento de marketing, deu uma lição de atualização de looks! Vez ou outra, todo mundo acaba indo a eventos cujo uso da camiseta especialmente elaborada para tal é obrigatório. E muitas vezes não podemos estilizar nossas próprias camisetas, ou porque não daria tempo para fazê-lo, ou porque a ocasião não permite (eventos relacionados a trabalho, colégio e outras formalidades). E desde os tempos de colégio, quando me vejo obrigada a usar uma camisetinha padronizada, apelo para o velho truque de dobrar as manguinhas, para deixá-la mais moderninha e com um melhor caimento. Mas eis que as meninas do evento surpreenderam com outro truque na manga (e que não foi na manga!! haha): acinturar as camisetas com cintinhos e faixas! Achei bárbaro, eram muitas as meninas que ostentavam esse look, que já entra no espírito ladylike, tudo mais acinturado, tudo mais feminino e que vai ser tendência para os próximos eventos camisetísticos! Como tinha um tempão que não ia a um evento assim, observei essa modinha pela primeira vez no Barra Fashion Mall, mas acredito que daqui para frente vou observar mais (e as pessoas usarão mais essa idéia)! Lembrei até das dicas de “como transformar o seu abadá de última hora” que escrevi em fevereiro com a dica do cintinho: clica pra ler e se inspirar pra outros eventos de camiseta que não se limitam ao carnaval!

Faixa na cintura para atualizar a camiseta básica

Das tendências do mundo da moda para a vida (ou da vida para a moda) vi muita coisa, como os sapatinhos Oxford, o sapato melissa sucesso usado pelos rapazes, uma ou outra corajosa usando a parte de cima da lingerie aparente sob camisa segunda-pele, jegging, navy, bolsas clássicas celine inspired, o flúo pontual deste verão (sapato flúo combinando com relógio flúo, ou com cinto flúo! Mais interessantes do que se combinados com a bolsa), dentre outros modismos. Achei interessante um ou outro vestidão longo (daqueles “longos diurnos”), coisa que não se vê muito pelas ruas daqui de Salvador. Não que se use muito curto, muito pelo contrário, mas também não se vê muito longo. Acredito que esta também foi uma inspiração pontual de fashion week, coisas que não se usa no dia-a-dia. O que achei bem a cara da Bahia foram as bermudinhas usadas aos montes (oi, primavera!), e adorei as combinações de jaqueta jeans com pérolas.

Uma adaptação interessante das tendências para a vida foi a coroazinha da Paula Magalhães! Cheia de estilo, Paula usou a coroazinha enfeitando o seu coque, como uma presilhinha, mas com ares super modernos sem parecer formanda ou debutante! Não pensei ser possível essa tendência-editorial pegar na prática, mas não é que deu certo? Adorei e registrei! 

Coroa nos editoriais de moda. Será que pega?

Paula Magalhães adotou a tendência da coroa de princesa para o seu look

 Mas ao final, esse mix de estilos e todo esse agito são o que deixam as semanas de moda ainda mais gostosas de ver, ouvir e sentir!

A convite do Shopping Barra e da Santa Clara Comunicação, fui caçar tendências no Barra Fashion Mall! O primeiro dia de desfiles foi bastante agitado com direito a desfile de novos talentos, desfile de jóias do Carlos Rodeiro, exposição de fotos e muita badalação. Confiram o que o pessoal da moda e formadores de opinião pensam quando o assunto é #tendências:

Ildi Silva

(Atriz)

Caçadora de Tendências Ildi, você segue tendências?

Ildi – Sim! Adoro!!

A Ildi gosta de se inspirar nas revistas, mas sempre adaptando as tendências ao seu estilo!

CT – Peça must-have para o próximo verão?

Ildi Muuuita renda!!!

Renda nas cores preta, nude, e tons pastéis serão a aposta da Ildi para os seus looks que, afirma, já comprou dois vestidos na tendência! Assimetria e o estilo ladylike também figuram no seu guarda-roupa de verão.

Fernando Torquatto

(Maquiador, fotógrafo e consultor de estilo)

CT – Em se tratando de maquiagem, quais são as tendências para este verão?

TorquattoNas cores: tons pastéis (amarelinho, verdinho, cores de cupcake!), azul elétrico, dourados, bronzes e marrom cintilante.

O rosa pálido ou nude para os lábios serão tendência. O batom vermelho “vivo”, mais aceso, também entra em cena, combinado com os olhos nos tons dourado ou bege.

CTCombinar batom com o look pode?

TorquattoCombinar o batom na mesma cor do look ainda é over, mas com essa moda dos anos 60 isso está voltando, porém o ideal é não colocar o batom na mesma cor da roupa, e sim variar os semitons dentro da mesma cor.

CTO batom é a nova sombra?

TorquattoMercadologicamente falando, o batom tem mais poder do que a sombra – compra-se mais batons do que sombra. Portanto, o batom é sempre um item essencial na maquiagem da mulher brasileira.

CTMas em se tratando de cores, há muito mais variedades hoje. Será que essa tendência dos batons roxos, que estão bombando nos editoriais das revistas de moda, pega aqui no Brasil?

TorquattoSim, o berinjela é uma cor de batom boa que está voltando a usar. Mas não é para qualquer uma – tem que saber usar e não é com todo mundo que combina.

CTO que está out em termos de maquiagem? Ou para maquiagem vale-tudo?

Torquatto Batom muito metalizado está out. O tipo de brilho mais atual tende para um acetinado ou no máximo gloss com partículas de brilho.

Lucy Horn

(Modelo)

CTQual é a peça must-have para este verão?

LucyCouro!!!

A Lucy ama couro, inclusive no verão, e aposta nesta tendência como peça must-have do seu guarda-roupa.

CTE o que vc jamais usará?

LucyPantalona! Apesar dessa moda estar voltando, não combina comigo!

Henri Castelli

(Ator)

CTVocê segue tendências?

HenriNa verdade, minha mulher que me ajuda a estar atualizado nas tendências!!

O Henri, apesar de não estar super ligado nas tendências, mostrou que para ter estilo é preciso estar aberto à moda.

CTVocê desfilou para o Carlos Rodeiro, designer de jóias baiano. Você costuma usar jóias?

HenriPrefiro presentear com jóias, mas adorei a “fitinha” do Senhor do Bonfim prateada que usei no desfile.

Leila da Cruz

(Estilista baiana vencedora do Novos Talentos 2009)

CTVocê segue tendências?

LeilaUma coisa ou outra, pois sempre estou com os radares ligados para o que está acontecendo, mas prefiro enxergar as tendências como uma inspiração.

CT No desfile da sua coleção vimos muito voilette enfeitando as modelos, que está se usando muito nos editoriais de moda. Foi neles que você se inspirou?

LeilaNa verdade me inspirei numa vitrine, onde vi esse voilette e achei que tinha tudo a ver com a minha coleção, onde associei a uma colheita e essa “rede” acolheria todas essas referências.

Carlos Rodeiro

(Joalheiro)

CTAo criar suas peças, você segue tendências?

RodeiroSim!! Esta coleção mesmo veio muito colorida para o verão, apostei no mix de materiais, como a turquesa com brilhantes e o coral com o rubi.

Carlos Rodeiro super antenado nas tendências! Se o “mix de texturas” está em alta nas roupas, o “mix de materiais” é uma tendência forte para os acessórios!

 

 Essa semana vocês ainda conferem aqui no blog muito mais de BF Mall! Stay connected! ;D

1. Esmalte desejo da temporada? Estamos falando de Chanel, é claro. O site chic divulgou o lançamento do 4º esmalte desta temporada: o Paradoxal! Os outros 3 tons-desejos são o Jade Rosé, o Nouvelle Vague e o conjuntinho Black Velvet & Ouro Lamé, que gerou a tendência das unhas francesinhas dourada e preta e desencadeou uma série de francesinhas coloridas ao redor do globo. 

 

 

Clica pra se inspirar nas francesinhas da Lays (nossa personal nail polish designer favorita) e ficadica pra já aprender a fazer a tendencinha da unha “meia lua” da novela Passione

 

2. Falando em novela, uma matéria bem boa, também no site chic, sobre as tendências de Ti-ti-ti! E já indico o site da Revista (fictícia!) Moda Brasil, pra ficar ligada nas dicas fashion diretamente da novela! 

 

3. Cansou do seu Skinny jeans? Cansou de toda aquela dúzia de jeans enfeitando o seu armário? Então anota aí o novo modelo pra incrementar a sua coleção: Flare Jeans (ou boca-de-sino). E se tiver a cinturinha mais alta dá todo aquele charme setentinha! (via Glamour de Garagem). 

 

4. E no espírito boca-de-sino, os long & lean dresses (vestidos – e tb saias – longos e quase retos) ganham força. O Modalogia fez uma análise bacana associando a saia longa com o ciclo da economia! Clica

 

5. Óculos com estampa é tudo de bom! No trendências. 

 

6. Se ladylike é tendência, acessórios ladylike são a cereja do bolo. No It Girls.

 

7. Não agüenta mais ver as malditas clogs desfilando nos pezinhos estrelados por aí e não vê a hora dessa moda passar? Está na hora de repensar os seus conceitos: o worishofer vem aí. (via Blog LP) 

 

Com a ameaça desse worishcdrwazfer, até que as espadrilles ficaram charmosas, né? Aí outra tendência de sapatinho pra servir de alternativa! ;o)   

 

8. Na Doris Bicudo tem tendência de cabelo pra década: o cocuruco

 

9. E a maquiagem do Fashion Rio e do SPFW heim? Que não é o meu forte captar tendências de maquiagem das passarelas, já aproveito e indico três posts de vez, pra se preparar pro verão: do Modalogia,  do Trend Tips e do Rose Rockabilly. Clica em todos pra se inspirar e ser feliz! 

Make "cara lavada"

10. Por fim, como quem ama tendências ama WGSN (L), aqui vão 4 apostas do WGSN para os próximos meses! (Via Site Chic). E tem essas outras dicas, que o Trend Tips trouxe direto da palestra do WGSN na Francal.

E outro texto bem bom é sobre o Faux Real, no Adoro Jóias, onde o WGSN aponta que o real com cara de fake é o novo luxo, e que “o falso desenvolveu sua própria estética”. Lembrei da onda dos esmaltes foscos.. seria isso uma macrotendência? Pra ficar ligada! 

Para mais drops sobre tendências, acompanhe o twitter do blog! =)

Como já foi observado aqui no blog, o selvagem, a guerrilha, o drama, o heavy metal estão sempre inspirando ou servindo de contraponto às tendências que vêm surgindo. Mesmo referências que, a princípio, são associadas a romantismo e delicadeza (tule!) não conseguem quebrar de todo essa tendência animalesca.

Tanto nas roupas, quanto na maquiagem, tudo o que remete a esse espírito de estou-pronta-pra-batalha tem sobressaído com certa razoabilidade nos caminhos da moda.

Roupas rasgadas, militarismo, cabelo bagunçado, maquiagem borrada (e olho esfumado, gloss escuro, efeito molhado, dormi-de-maquiagem e derivados), batom dark (preto e até os tons de vermelho que estão muito mais fechados para o vinho), underground, spikes, mistura de animal print num mesmo look (onça, leopardo, zebra e até girafa – sempre os não domesticados!), sapatos pesados, muita plataforma, jeans + jeans (ô look carregado), e muito mais!

Quer romance? Vá ler um livro, e de preferência com seus óculos super nerd, bem intelectualóides e bem marcantes, pra enxergar melhor, pra pensar melhor. Até para as noivas os detalhes em preto contrastam no vestido de princesa.

O nude virou camelo – é preciso se expressar, não há mais espaço para passar desapercebida. Se antes a moda queria esconder, para outros valores sobressaírem, agora é hora de colocar uma armadura e sair à luta, aparecer, mostrar ao mundo a que se veio. Daí que, até no universo dos neutros, é preciso ter uma cor mais expressiva. (E não poderia haver nome melhor do que camelo – o selvagem dos neutros!)

Até o inverno, todo esse drama tem predominado, ainda que subliminarmente, no mundo da moda. Vamos aguardar as tendências de verão para ver se esse vai ser ou não um perfil de todo o ano, em que a gente sente necessidade de dar a cara a tapa e ir à luta, sobreviver a traumas políticos, sociais e ecológicos sem tempo para consertar o delineador, se equilibrar na instabilidade das bolsas e do mercado de capitais (calma, Grécia!), e continuar correndo para superar tudo, virando noite, se esforçando para segurar as pontas para que, até o final do ano, tudo corra bem.

Será?

E que venham as tendências do Fashion Rio e do São Paulo Fashion Week, edição de verão!