Posts com Tag ‘Colares’

 Formada em turismo e pós-graduada em gestão de negócios, Carol Oliwe mostrou a que veio quando decidiu entrar para o mercado de acessórios há 5 anos! A primeira vez que conheci as peças da Carol foi ainda na época da faculdade, quando juntamente com todas as #itgirls da minha turma comecei a usar os brincos statement dessa talentosa designer. Os brincos eram maravilhosos e aos poucos fui conhecendo outras peças, como os colares e as pulseiras. Mas só recentemente tive a oportunidade de conhecer a Carol e o seu atelier e ver de perto mais do seu trabalho que, além dos brincos, colares e pulseirinhas, ainda tem bolsas, mochilas, acessórios para cabelo, enfim, tudo aquilo que promete (e cumpre!) dar um up no visual! Vamos conhecer um pouco mais da designer-trendsetter baiana:

1. Como designer de acessórios, qual a sua relação com as tendências? Qual a influência delas no seu processo criativo?

Bom, na minha criação sigo tendências sim…, pesquiso em revistas, internet, informativos… e de pequenos detalhes saem grandes idéias. E apesar de estar sempre antenada nas novidades, sempre crio na minha coleção um item exclusivo meu, que tenha a ver com o meu estilo e das minhas clientes! Gosto muito de trabalhar com o produto mais artesanal, e nisso que está o meu diferencial.

2. E no papel de consumidora, qual a relação com as tendências de moda?

Adoro estar na moda!!! Sigo tendência mesmo! Uso e abuso de tudo! Não tenho medo de ousar!

Super ligada na moda, Carol segue e lança tendências! No detalhe, pulseiras da marca compondo o look.

3. Você usa acessórios para ir malhar e para ir à praia?

Para ir malhar uso quase nada, no máximo uma correntinha curtinha e um brinquinho pequeno. Já para ir à praia uso sim! Pode ser colares, pulseiras ou brincos…

Invista nos acessórios certos para ir à academia e à praia... e arrase!

4. Qual é a sua extravagância necessária?

Minha maior extravagância é consumir demais! Por gostar de estar sempre na moda, sempre estou buscando uma novidade, seja nas minhas criações como no que vestir! 

5. Qual peça você elegeria como hit do verão 2010/11?

Acredito que as pulseirinhas de crochê com certeza! Tem de todas as cores, e ficam lindas várias juntas! Não tenho uma cliente que vá ao meu ateliê e não leve pelo menos uma!

As pulseirinhas de crochê - Hits para o verão 2010/11!

Anúncios

Aqui no blog tem as tendências das principais fashion weeks pelo mundo, e as principais do Brasil, e até as de vestidos de noivas, mas, de todas, a que eu mais gostei de analisar foi essa desse post aqui: o Barra Fashion Mall! Tendências da minha terra, com desfiles que eu vi ao vivo, tive acesso aos releases, enfim, não poderia ser mais perfeito!

Então você baiana que quer saber o que já está bombando nas araras das lojas de Salvador para se preparar para o verão (ou melhor, pra usar djá, que o verão já chegou por aqui), ou você turista que quer saber o que vai estar em alta na terra do axé, ou você leitora do mundo jet setter que adora saber uma novidade, se liguem nas tendências mais quentes:

1. Volume

Se vc cansou da silhueta apertadinha com aquela bolsinha apertadinha, sapatinho meia pata apertadinho, pra chegar na Just 1 ou na club Ego e tentar arriscar sem sucesso alguns passinhos de dança, já pode respirar aliviada! Está chegando como alternativa uma modinha mais solta, mais volumosa, de silhueta mais confortável, seja nas sainhas, seja na parte de cima, seja no vestido como um todo!

E essa tendência do volume traz também o efeito 3D, que é essa parte de pano que salta da roupa, seja babadinho, seja em formato mais estruturado/arquitetônico, seja o floral 3D. Acho bem moderno, apesar de que sair toda trabalhada no volume é meio arriscado e quebra bastante a feminilidade do look. Mas um pouquinho de volume faz super bem se localizado em regiões estratégicas! ;o)

2. Assimetria

A modinha de um ombro só está nas alturas, pode se apegar a ela! Mas não só de um ombro se vive a assimetria, e os vestidos de cortes irregulares também entram na onda! Esse vestido estilo o da Mari Weickert (Alphorria) vai brilhar nas festonas noturnas de verão.

3. Transparências

E o desfile coletivo da Vivire heim? Todo na tendência das transparências, do jogo do mostra-esconde que fica perfeito em se tratando de praia, quando mostrar o biquini está liberado geral (diferente de mostrar a lingerie né?). Mas quando não se está na praia, vale apostar na não-transparência, usando a peça fina por cima das roupas como uma “capinha” ou dando um efeito sombreado. Assim, a transparência vai até o vestido de festa (Fábio Sande) evidenciando o não óbvio.

4. Cintura alta

Continua forte. Não só nas saias, mas também nos shorts e biquinis, sempre curtos, bem verão.

5. Desenhos geométricos

É a estampa da vez! Floral está sempre em alta, principalmente na primavera-verão, mas pra ficar com cara de século XXI, embarque na geometria. Misturar estampas geométricas então… é informação de moda das boas para o seu look!

6. Foco nos colares

Os colares neste verão serão extensão da roupa, muitas vezes atraindo o foco para si. Quanto mais pedras, quanto mais voltas, quanto mais colares, e aí, de quebra, vc já pode até virar baiana do acarajé ! Hehe ;D

Mas, vejamos, olha que riqueza esses modelos abaixo, e olha que diferenciado esse colar com efeito de renda da Nina! E o mais atual são as jewel-encrusted clothing, que são aquelas roupas que já dão o efeito de colar ou outras jóias costuradas na própria peça! É super tendência e foi aposta da Alphorria e do estilista baiano Fábio Sande. Muito glamour!

7. Macacão

Desde o verão passado que a tendência vem se fortalecendo, e agora está mais fácil achar macacões ou macaquinhos dos mais diversos modelos por aqui. E os dessa vez são mais soltinhos, seguindo a tendência da silhueta solta, com pantalonas, gancho baixo, ou efeito “blusê” na parte de cima. Macacão é tudo de bom no verão!

Querem saber mais? Na coletiva de imprensa do Barra Fashion Mall, a estilista da Alphorria, Edna Thibau, “largou o doce” de mais algumas tendências boas deste verão:

8. Cores vibrantes x Nude x Azúis fortes, verde água e turquesa;

9. Estampas com movimento (águas, ecológicas e curvas);

10. Fluidez;

11. Flores / estampa liberty;

12. Minimalismo;

13. Romântico;

14. Tecidos memories (tecidos que têm memória! Desamassam facilmente), evidenciando os minerais: ouro, prata e bronze;

15. Seda casual de leve à pesada. Delavadas e as estonadas;

16. Linho amassado, com leve brilho e no jeans;

17. Shape drapeado (olha aí a opção pra quem adora um shape mais coladinho);

18. Vestido tubo;

19. Manga curta e elaborada / Origami na manga;

20. Cintura marcada;

21. Saia lápis;

22. Saia godê (anos 50 e 60);

23. Pantalona;

24. Gancho baixo continua só que desta vez na calça cenoura (e a saruel perde força);

25. Calçados altíssimos e muita madeira.

Imagens: Débora Paes
Montagens: Caçadora de Tendências

Já que o assunto é acessórios, vamos falar então dos colares da vez. Se na última temporada os máxi-colares imperaram, seja pelo uso combinado de vários deles, seja pelo colar bordado de pedraria – que mais lembrava um detalhe da roupitcha – chegou a hora de maximizar ainda mais: máxi-pingente é a bola da vez. Quanto mais inusitado melhor!

Máxi-pingentes

Colares arquitetônicos

Outra tendência forte são os colares arquitetônicos, nos editoriais, nas campanhas, nos desfiles.

Para entrar na onda do gloria-coelhismo e toda essa moda de roupas arquitetônicas, os colares-escultura são quase uma obra de arte no pescoço! E as gargantilhas que, já sabemos, serão hit do outono-inverno, também entram na onda de toda essa estrutura. Pra ficar poderosa!

Colares arquitetônicos