Arquivo da categoria ‘Festa’

Viviane Araújo para o Rio Samba e Carnaval deste ano

Foi-se o tempo em que carnaval era considerado uma festa “campo de batalha”, onde tênis, abadás picotados, nada de acessórios para não se machucar e maquiagem zero eram a chave do sucesso. E ainda assim, ao final da festa estava todo mundo descabelado, a cara da derrota! Com o glamour de muitos camarotes, e até mesmo alguns blocos mais específicos que restringem a quantidade de foliões e oferecem um tratamento mais diferenciado, carnaval virou sinônimo de balada chic. Nessa esteira, o abadá, até então fator de “agrupamento“, passou a ser o ponto forte da diferenciação dentro da folia. Claro que abadá picotado é o que não falta por aí, mas se você quiser brilhar, fique de olho nesse post!

Tem foto do ano passado, do ano retrasado, da semana passada, mas todas bem atuais para se inspirar para a folia. Enfim, tem abadá glam pra todo gosto, e se uma imagem vale mais do que mil palavras, mil imagens então nem se fala, né? VEM GENTE! 

Esse abadá da Carolina Ferraz tá puro luxo! Não tem barriguinha tanquinho saradíssimo de fora que supere. Aliás, barriga de fora mesmo no carnaval já deu né?

E se antes a saia era vista com maus olhos no meio da folia, onde imperavam os shorts (quase sempre jeans), hoje transformar abadá em (micro) vestido já é wishlist entre as carnavalescas mais antenadas. É feminino, é tudo de bom e você se destaca na “multidão”. E outra, pular pra se acabar estando num super camarote? Quem vai?! Aproveite que isso não vai acontecer e se jogue no salto pra deixar tudo ainda mais elegante!

A dica para customizar seu abadá e transformá-lo num vestidinho é pedir um abadá extra-grande, de preferência masculino, o que lhe permite pano extra! Esse vestido tomara-que-caia justinho da Bárbara Paz é o mais básico que dá para fazer com abadá. Mas existem outros recursos que permitem a costura de um vestido mais original, como o uso de outros tecidos para complementar (o famoso retalho!).

Juliana Paes foi uma das musas dos abadás do carnaval passado. Ela se arrumou como se fosse para a balada mesmo, e se jogou nas tendências do momento para ficar linda e atualizada.

A lingerie que a Ju Paes usou aparente no camarote da Brahma é um tanto perigosa. Sugiro usar um top especial (brilhante, de pedras, flúo), para evitar derrapar na produção. Acredito que o que garantiu o look da Juliana foram as demais peças escolhidas, saia, salto, maquiagem, tudo no melhor estilo pin-up, que não deixaram a lingerie cair na vulgaridade.

Outro truque que pode dar um upgrade no seu abadá é o uso de bojo, para dar certa estrutura e uma sensação de “arrumadinho”. E os acessórios também têm o seu charme. Mas nada daquelas pulseironas prateadas batendo uma na outra e aquele argolão de strass piriguete. Procure acessórios “fashionistas” para garantir um visual moderno. Esse colar que Juliana Paes usou no Camarote Rio, Samba e Carnaval estava super em alta e ficou maravilhoso!

E se tivesse um troféu de carnavalesca trendsetter no quesito abadá, quem levaria seria a Paola Oliveira! Antenadíssima nas tendências que até hoje estão em alta, Paola deu um show de figurino! Lembram da moda das roupas de um ombro só? Foi tendência apresentada pelas passarelas internacionais referente ao inverno 2010, e já em fevereiro do mesmo ano Paola antecipou a tendência, que hoje, obviamente, continua em alta!

O vestido tubinho foi uma alternativa clássica e chic aos vestidos de abadá.

O penteado “Beyoncé” estava em alta e valorizou o look. Apostar em um penteado atual é a garantia do sucesso! ;D

Gola alta também foi uma das tendências apresentadas nas passarelas internacionais para o inverno 2010, e Paola também já havia se antecipado! O que mais impressiona é o decote fenda que ela usou, e que apareceu ainda mais forte agora na NYFW para o inverno 2011! É ou não é uma trendsetter?

E mais impressionante ainda foi este abadá da Paola: a tal da “não”-transparência mostrando o seu colo (SPFW inverno 2010) e o famoso “Poá 3D”, que são aquelas pequenas esferas que foram aplicadas na parte transparente. A dica para continuar na tendência, então, é apostar nas micro esferas, ou poá 3D, como ficou conhecido na última SPFW. E a trança giga lateral era o penteado do momento!

Paola em outros anos, sempre dando um show de abadá!

A dica aqui para você que não é a musa do camarote e não recebe pano extra para fazer seu vestidinho de abadá é misturar tecidos ao abadá para poder “aumentar” o seu tamanho e ter mais opções de customização, como fez a Monique Evans com o tecido na cor branca que combinava com o abadá verde estampado. Outra opção é usar o micro-vestido e apostar nos acessórios para deixar o visual ainda mais poderoso. E se o seu caso é abadá tamanho baby-look e falta de tempo, tem a opção da Monique Evans usando o abadá por cima de um vestido! Ficou bem charmoso.

A mesma idéia da Monique Evans, abadá por cima de vestido. Fica muito bom:

Só tem esse abadá da Pepsi, pode ser? 🙂

Outra adepta ao vestidinho foi a Preta Gil. E para arrematar, sapato brilhante! Brilho é sempre muito bem-vindo ao carnaval, ainda mais agora que a moda anda cheia de brilho. Querem uma dica? Apostem esse ano nos shortinhos de paetês! Estão super em alta.

Paris Hilton também foi de sapato brilhante, abadá customizado em vestido, fascinator no cabelo, gargantilha (continua em alta), e vale observar o detalhezinho na barra do vestido e na cintura.

Os acessórios e complementos pretos e brilhantes trouxeram modernidade e glamour ao outro modelo de abadá usado por Paris Hilton para o Camarote Devassa.

Adriane Galisteu é outra adepta do vestido de abadá, e foi mais uma trendsetter que apostou no sapato brilhante para cair na folia. Tá lindo esse modelo balonê.

E os outros vestidos usados por Adriane (foco nos acessórios):

Carol Dieckmann se jogou na Chanel sem medo de ser feliz. Não sei se ela vai escoltada para o camarote, mas acho que aqui em Salvador não ia rolar. O abadá tá lindo, o top flúo garantiu descontração sem riscos (no caso de optar por uma lingerie à la Juju Paes), e os ombros marcados eram o auge da moda. Ainda é. Esse modelo da Carolina Dieckmann bebeu na fonte desse vestido do Jefferson Kulig da SPFW inverno 2010

Grazi Massafera de calça só teve perdão por causa do modelo de abadá escolhido. Bonito e interessante. E o brinco enorme que não precisa ser argolão-strass-piriguete. Tá linda.

Mas o melhor look de Grazi foi esse:

Franciely Freduzeski com outra opção de vestido para vocês se inspirarem, e esse colete lindo, que não foi abadá de carnaval, mas foi abadá de festa e tá valendo! Não basta fazer um colete – tem que ser um belo colete! E esse tá de parabéns.

Falando em coletes, olha aí outros modelos, nem tão bonitos quanto o da Fran, mas uma opção de look diferente para o seu abadá de todo dia. O bloco Cerveja & Cia, de Ivete Sangalo, ano passado trouxe modelos de abadá kimono inspired! Muito interessante, adorei quando encontrei foliões na rua vestidos assim. Fica só a ressalva que não é possível cortar o logo do bloco/camarote, portanto muito cuidado ao tentar transformar seu abadá em colete/kimono all by yourself. A dica é fazer que nem a Camila Pitanga e jogar o logo para o verso.

Mas você, menina sem dom para a costura e sem tempo para a costureira, pode também apelar para um coletinho do seu armário e usar com o abadá! Olha os exemplos de sucesso:

Foto bem antiga, Cláudia Leitte de macacão. E como os macacões continuam em alta, vale a pena ver de novo. Vale a pena investir num macaquinho também! Calça comprida, sei lá, não combina com o agito.

Cropped e franjas estavam e continuam em alta. Thaila Ayala, nossa BF, teve uma idéia genial! Ao invés de apenas ficar no cropped, usou uma blusinha de franjas por baixo e criou um look bem interessante!

Luana Piovani confirma a tendência do sapatinho brilhante para o carnaval! E você, não vai usar não? Ó você errada..

Um dos the best abadás ever foi esse da Maria Fernanda Cândido. Que sucesso hein? Também quero ser miss! Eu ainda jogaria uma coroazinha prateada no cabelo, e aí vocês poderiam me chamar de princesinha do Harém.

Ok, você comprou seu abadá de última hora no cambista e só lhe resta picotá-lo. Tudo bem. Faça como a Fernanda Lima. Vá com um penteado glamour digno de red carpet!

Ou então aposte em outros acessórios capilares!

Outros modelos usados por Christine Fernandes, Luiza Brunet, Ellen Jabour e Fran Zanon, para inspiração. As sandálias de amarrar no tornozelo também foram bem requisitadas no carnaval. E esse ano? Vai de oxford? Eu apostaria na máxi-anabela que tá super em alta! Ou nas open boots que ainda estão na modinha e são bem modernetes!

Mais modelos beeem fashionistas! Plumas, penas, decote nas costas com aplicações lindas (decote nas costas é o must-have hoje), ombros valorizados.. nem lembro onde peguei essas fotos, mas tem alguma coisa a ver com Vogue e Casa de Criadores, ou seja, só gente fashionista e formadora de opinião. Olha a Chiara Gadaleta lá!

Só cabe uma ressalva: muito cuidado no trajeto para o camarote. A não ser que vc seja a primeira a chegar e a última a sair, salto agulha no meio da Ondina vai ser tenso.. recomendo um salto mais grossinho, e de preferência que não seja novo. Ano passado minha sandália saiu direto do camarote pro lixo (tudo culpa do trajeto)!

Se quiserem mais idéias, tem o post do ano passado!

E por favor, nada de aplique de florzinha e fitinha do senhor do bonfim na customização do abadá!!!!! SOOOO last century!

Depois do carnaval o blog volta com as tendências de moda de Londres, Milão e Paris.

Bom carnaval!

Imagens: Reprodução
Montagens: Caçadora de Tendências

Vc não leu errado, nem eu digitei errado. Eu realmente não estou me referindo ao ombré hair, que, em se tratando de um blog sobre tendências, is SOOO last season! A bola da vez é o ombré dress!! O conceito é o mesmo: efeito sombreado. Nos vestidos, lembra o Tie Dye, mas não é aleatório como este: é focado numa parte “iluminadora” da nova cor, que geralmente pode começar do meio do vestido para baixo, ou se expandir a partir do meio para os lados. É quase uma “californiana”, mas traz o degradê do ombré! 🙂

Ombré dress no fesfile do Paul Costelloe em Londres - Spring/Summer 2011

 

Blumarine - Milão S/S 11

Lela Rose trouxe o ombré dress em diferentes concepções - NYFW S/S 11

Modelos McQueen e Galliano no eixo Paris S/S 11

E já que a tendência de cabelos do verão foi o ombré highlights, por quê não pensar num ombré highlight dress? Esse novo conceito traz o sombreado para os vestidos a partir de pontos de “brilho” – e não de “cor”. É o caso do Marchesa que a Olivia Wilde usou no Globo de Ouro 2011 (na 1ª foto que ilustra esse post), começando bem forte no topo do vestido e reduzindo o sombreado até o fim.

Ombré "HIGHLIGHTS" dress da Jenny Packham (NYFW S/S 11) - iluminação expansiva a partir do centro do vestido

Modelo da Monique Lhuillier (New York S/S 11)

E você que se jogou FORTÍSSIMAMENTE no ombré hair neste verão e está aí morrendo de medo de se arriscar num ombré dress para não criar um efeito combinei-o-make-com-o-look, heim? Será que vai ficar tão bad assim? Em se tratando de ombré hair, nada melhor do que a ombré-hair-setter Drew Barrymore para fazer esta experiência digna dos caçadores de mitos. Mostra pra gente, Drew:

Drew Barrymore - ombré hair e ombré dress sem medo de ser feliz!

ou seja… VEM GENTE!

Mesmo para quem não vai se casar vestida num Vera Wang (em junho, no Plaza), o New York Bridal Fashion Week é uma referência e tanto! Há duas semanas Vera Wang, Marchesa, Oscar de la Renta, Monique Lhullier, Carolina Herrera, David´s Bridal, dentre outros estilistas, desfilaram modelitos que fazem sonhar e que certamente vestirão uma ocasião mais especial do que muitos red carpets por aí. Para brides-to-be ou not-to-be, as tendências dos vestidos de casamento (Fall 2010 – Spring 2011/ ou seja pra nossa primavera de 2010 e outono de 2011) estão aí para quem quer ser fashionista até no altar! É pra prestar atenção e sair correndo pra pedir pra costureira copiar tudo igual se inspirar nos modelitos, que podem servir até mesmo para a sua festinha de formatura, who knows ?! É só mudar a cor e.. bom, a depender do modelo, nem precisa mudar a cor… Oi? Sim, estamos falando de tendências, de novidades! Vestidos bolo-de-noiva, muita renda, muito tule continuam (sempre!) em alta! Mas pra ficar atual, dá pra adaptar tendências, não é? Então segura sua caneta pompom cor-de-rosa na mão que ostenta[ria] aquele anel da Tiffany´s e anota aí: 

1. Detalhes em Preto

Mas.. preto??? É tão anti-wedding! É tão oposto ao branco! Tão dark, tão gótico, tão frio, tão pesado… Era! A tendência é certa! Detalhes em preto são o must-wear dos wedding dresses. É ousado, é arriscado, mas o efeito é maravilhoso. E juro que se visse uma noiva entrando na igreja assim, toda na tendência, eu choraria de emoção, mesmo se estivesse tocando Forever na hora H. 

2. Floral 3D

Tendência fortíssima nas passarelas outono-inverno américa/europa, tendência para os vestidos de noiva, tendência pra vida! E vejo flores em você!

3. Cintos e Faixas

4. Little white dress

Ou branquinho “básico”! Com a cauda longa então, fica hi-lo total, bo-ho chic, glam! E notem que não precisa ser básico pra ser curto!

5. Efeito shadow (+tule)

Tendência que já conhecemos das temporadas de moda do eixo! Aquela capa transparente por cima do “verdadeiro vestido”, mas que acaba fazendo parte dele com um ar de sombra, criando uma transparência “fake“. O tule (além de ter sido vedete de muitos vestidos do NY Bridal) cumpriu bem o seu papel de dar esse efeito shadow (e romântico, sonhador, feérico) aos vestidos! 

6. Um ombro só

Outra tendência do eixo que foi incorporada aqui.

7. Arquitetura/ Origami

Vestidos mega estruturados, arranjos que mais parecem esculturas ou dobraduras, e lá está a inspiração glória-coelhista novamente! A estilista Anne Bowen chegou a nomear cada um dos seus vestidos conforme grandes monumentos nova iorquinos (The Empire State Building, Statue of Liberty, New York Botanical Gardens etc.)  Viva os vestidos arquitetônicos e viva a noiva que foge do clichê!

8. Gargantilha/ gola alta

Hit, hit, hit!

9. Frufru

10. Cropped/ Bolero glam

Mais um hit herdado das passarelas do eixo.

11. Tomas e babados

Sempre formando tiras texturizadas, em alto-relevo, as tomas e os babados estão com tudo!

Tomas - nas saias, na parte de cima, no vestido todo

E babados:

12. Outra cor/ estampa

Tons pastéis foram alternativas ao branco. Mas o mais shocking foram os vestidóns pretos! Ninguém usaria? Já usou! E foi brasileiríssima: no casamento do Faustão, em 2002 (!), sua esposa estava maravilhosa num pretinho nada básico! Fica fácil incorporar a tendência se já não for o primeiro casamento, se já não é na igreja, enfim. Os modelos são um arraso!

E estampado, para as não tão revolucionárias:

13. Corpete

Fetichismo-trend nos vestidos de noiva também.

14. Ombros decorados

Este modelo da Jenny Packham não foi bem uma tendência. Mas é um exemplo das tendências incorporadas pros vestidos de casamento. Pra se inspirar e mandar fazer um modelo Balmain todo branco pra entrar na igreja.

15. Manga cheia

Outra tendência que foi incorporada em alguns looks das passarelas do Bridal Fashion Show e que são bem válidos.

Imagens e referências:

Aisle Dash, Brides.comThe Budget Bride´s Handbook, Martha Stewart, dentre outros.

Seja no bloco, seja no camarote, seja no carnaval ou no ensaio de verão, chega dos modelos-clichê de abadá né? Customizar o abadá com rasgões, fitinhas, amarrações é legal, mas… vamos andar na tendência? Porque carnaval é uma festa e já chega de ir vestida de guerra, né?

Tendência: Abadá picotado + malha efeito segunda-pele

Então, depois de frequentar tantos ensaios de verão na Bahia, percebi uma tendência que tá pegando para aquelas que querem picotar geral o abadá, mas não querem se expor demais (hi-lo do abadá?). É o uso de bodies, camisetas justinhas, malhas ou collants por baixo da rasgação!

Essa inspiração ganhou força no último desfile da Cavalera - SPFW

Daí que como eu vou pras festas e não levo a máquina, saí buscando nos sites que fazem a cobertura digital da Folia, e olha só as modernetes que encontrei:

Logotipo na parte de trás

Já que é pra transformar, olha a criatividade. E fica a dica que, com o logo atrás, dá pra decotar geral na frente!!

Vestidinho de abadá

Se vc conseguir pegar uma camisa GG, dá pra fazer um super vestidinho! Tem o modelo abaixo, e tem a possibilidade de fazer tomara-que-caia com a adição de alcinhas de cetim ou de qualquer outro tecido. E tem também a possibilidade de sua amiga picotar o abadá dela e sobrar pano pra vc remendar o seu vestido! A costureira sabe fazer! Já usei assim, fez sucesso!

Mistura de texturas

Porque nessa onda dos remendos, falta pano. E faltando pano, vamos nos jogar na tendência do mix de texturas de uma mesma cor (ou mix de cores de uma mesma textura – ok, é carnaval)!

Cinto por cima do abadá

Que todo mundo usa cintão no shortinho não é novidade. Mas usar o cintinho assim por cima é tendência! Sugestão? Cintão! Pra mergulhar na tendência e ahazar !

Paetês

O ano-balada pede muito brilho! Já vi aplicação de paetês nas alças, no logo, numa tirinha na divisória do busto. Mas dá pra criar mais! Dá pra pensar em várias tironas, por exemplo! Estilo as tiras do Balmain, tipo na foto que aparece mais adiante no post.

Tachas

Vamos brincar um pouquinho de pensar novas possibilidades de transformação de abadás para pegar as tendências do momento? Então  a dica pra aproveitar esse feeling de aplicações é a TACHA!! Mas, por  favor, nada de tachar o logotipo heim? Que ele some e vc não entra na festa!!

Paetês seguindo a cor do logotipo ficariam ainda mais glamour

Transparência

Oi? Vocês já pensaram em inverter o abadá em top (daqueles que usa por baixo do “abadá”) e usar uma capinha transparente por cima? Olha que legal ficaria!

Ombros

E se o abadá for camisetinha… oba! Dá pra brincar mais, dá pra arrasar no ombrão decorado aplicando paetês, correntes, e outras cositas disponíveis na caixinha de costura!

Fetichismo

Aplicando ilhoses já dá aquele tchan sensual! Não vai precisar nem apelar pro shortinho gera-samba.

Zíper aparente

Lateral, pra não destruir o logo!! Pelamor!!

Correntes

Onde der e vier. Corrente é a nova tacha.

Não-transparência

Uau! Já que as meninas baianas tão usando malhas pra aderir ao trituramento quase absoluto de abadás (haha), que tal arrasar no decotão e segurar a onda com tecidos transparentes? Para não destruir o logo: pega a dica da menina lá de cima e veste ele na parte de trás da blusa!

Esferas

Será? Quem tiver na avenida de aplicações esféricas no abadá será tipo musa do verão!!!!!

Para quem é musa absoluta do verão, trend setter total da folia. Onde acha pra comprar???

Alternativas para dar um upgrade no seu abadá:

Não sabe costurar? O dindin da costureira o Camaleão levou? Tá sem tempo? Comprou de última hora na mão do cambista a poucos minutos de começar a folia? Então segue essas dicas:

Investir no top

Fluo, neon, de paetês, pra abalar na tendência!

Colete

Macaquinho no lugar do shortinho

Saias estampadas


Rasgação Balmain inspired

Vai rasgar? Que seja com estilo!

Se é pra rasgar, vamos sair de Balmain!

Imagens da folia:

http://www.salvadorfolia.com.br

http://www.portalibahia.com.br/issa

http://www.festasefarras.com.br/