Sempre de olho no Guia JeansWear, nas novidades apresentadas pelos bureaus de tendências e nas self-cool-huntings 😛 , me deparei com as tendências apresentadas para o jeans do verão 2012. Efeito manchado, pesado, vintage, patchwork, militar inspired, desbotados continuam em alta. Aquilo que a gente já tem no armário ou variações que a gente não precisa ter. E camisa jeans, pra quem está todo dia pesquisando moda, vendo fotos e mais fotos de desfiles, campanhas, revistas, já não encanta mais.

Até que vem a revista Flare de janeiro e traz essa capa com 3 modeletes vestindo uma camisa jeans digna de wishlist! Que feitiço é esse?

Analisando novamente as listas de tendências futuras para o jeanswear, dá para filtrar alguns pontos novos como: jeans escuro e sem lavagem; a “Leveza Total” representando um “espírito chique, com cambraias feitas de fios ultrafinos e misturas de seda que realçam a feminilidade de vestidões e tops leves”; o workwear inspired, enfim. Informações que nos permitem retornar o olhar para a capa da Flare e visualizar certo grau de sofisticação naquelas camisas!

Angelo Marani (NYFW S/S 11)

Cèline (Paris S/S 11)

Para complementar, a Ralph Lauren vai lançar em julho uma linha denim de luxo! De trenchcoats a uma releitura do smoking, a coleção é a ratificação de que o denim sobe de patamar, o que lhe permite freqüentar ocasiões e ambientes que antes pareciam inadequados.

Mas sem exageros! Ainda há uma linha tênue entre o que pode e o que não pode em termos de jeans. O jeans vai poder ir ao escritório? E a uma festinha mais formal? Talvez. E sempre fica a ressalva: “mas que tipo de escritório? E que tipo de festinha mais formal?”. Isso significa que haverá ainda certa dificuldade na sua aceitação. O que existe é uma vontade de sofisticar o jeans. Se essa vontade for confirmada através de muitos (muitos, muitos) seguidores, a tendência é a maior aceitabilidade e usabilidade deste novo conceito.

Derek Lam (NYFW S/S 11)

Stella McCartney (Paris S/S 11)

Just Cavalli (Milão S/S 11)

Em todo o caso, subindo o dresscode ou não, está aí uma opção bem interessante para o jeans nosso de cada dia!

DSquared2, Roberto Cavalli e Iceberg (Milão S/S 11)

Anúncios
comentários
  1. Tiago disse:

    Sei nada de moda, mas a modelos são lindas kkkkkkk

  2. Dani Freitas disse:

    Eu simplesmente ameeeeei este post! Sou apaixonada por jeans e super apóio que o jeans seja peça formal no guarda-roupa, por que não? Amei as camisas e principalmente o sobretudo na passarela. Afff, é muito desejo para uma pessoa só…quero todas as peças…
    Beijo!

  3. Lorna disse:

    Eu amo jeans. Esses dias comprei uma calça com um corte meio social, jeans sem lavagem, achei bem diferente e chique (desculpa, não tenho vocabulário fashion suficiente). Recebi vários elogios. Essa calça fica bem arrumadinha mesmo, mas sem ficar careta. Amei!!!

  4. […] disseminado e aceito naturalmente por grande parte da sociedade. É o que já vimos no post sobre o novo jeans, que pode ir até ao escritório, ou no post sobre o blazer que vai à praia. Num mundo onde o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s