Arquivo de fevereiro, 2011

Viviane Araújo para o Rio Samba e Carnaval deste ano

Foi-se o tempo em que carnaval era considerado uma festa “campo de batalha”, onde tênis, abadás picotados, nada de acessórios para não se machucar e maquiagem zero eram a chave do sucesso. E ainda assim, ao final da festa estava todo mundo descabelado, a cara da derrota! Com o glamour de muitos camarotes, e até mesmo alguns blocos mais específicos que restringem a quantidade de foliões e oferecem um tratamento mais diferenciado, carnaval virou sinônimo de balada chic. Nessa esteira, o abadá, até então fator de “agrupamento“, passou a ser o ponto forte da diferenciação dentro da folia. Claro que abadá picotado é o que não falta por aí, mas se você quiser brilhar, fique de olho nesse post!

Tem foto do ano passado, do ano retrasado, da semana passada, mas todas bem atuais para se inspirar para a folia. Enfim, tem abadá glam pra todo gosto, e se uma imagem vale mais do que mil palavras, mil imagens então nem se fala, né? VEM GENTE! 

Esse abadá da Carolina Ferraz tá puro luxo! Não tem barriguinha tanquinho saradíssimo de fora que supere. Aliás, barriga de fora mesmo no carnaval já deu né?

E se antes a saia era vista com maus olhos no meio da folia, onde imperavam os shorts (quase sempre jeans), hoje transformar abadá em (micro) vestido já é wishlist entre as carnavalescas mais antenadas. É feminino, é tudo de bom e você se destaca na “multidão”. E outra, pular pra se acabar estando num super camarote? Quem vai?! Aproveite que isso não vai acontecer e se jogue no salto pra deixar tudo ainda mais elegante!

A dica para customizar seu abadá e transformá-lo num vestidinho é pedir um abadá extra-grande, de preferência masculino, o que lhe permite pano extra! Esse vestido tomara-que-caia justinho da Bárbara Paz é o mais básico que dá para fazer com abadá. Mas existem outros recursos que permitem a costura de um vestido mais original, como o uso de outros tecidos para complementar (o famoso retalho!).

Juliana Paes foi uma das musas dos abadás do carnaval passado. Ela se arrumou como se fosse para a balada mesmo, e se jogou nas tendências do momento para ficar linda e atualizada.

A lingerie que a Ju Paes usou aparente no camarote da Brahma é um tanto perigosa. Sugiro usar um top especial (brilhante, de pedras, flúo), para evitar derrapar na produção. Acredito que o que garantiu o look da Juliana foram as demais peças escolhidas, saia, salto, maquiagem, tudo no melhor estilo pin-up, que não deixaram a lingerie cair na vulgaridade.

Outro truque que pode dar um upgrade no seu abadá é o uso de bojo, para dar certa estrutura e uma sensação de “arrumadinho”. E os acessórios também têm o seu charme. Mas nada daquelas pulseironas prateadas batendo uma na outra e aquele argolão de strass piriguete. Procure acessórios “fashionistas” para garantir um visual moderno. Esse colar que Juliana Paes usou no Camarote Rio, Samba e Carnaval estava super em alta e ficou maravilhoso!

E se tivesse um troféu de carnavalesca trendsetter no quesito abadá, quem levaria seria a Paola Oliveira! Antenadíssima nas tendências que até hoje estão em alta, Paola deu um show de figurino! Lembram da moda das roupas de um ombro só? Foi tendência apresentada pelas passarelas internacionais referente ao inverno 2010, e já em fevereiro do mesmo ano Paola antecipou a tendência, que hoje, obviamente, continua em alta!

O vestido tubinho foi uma alternativa clássica e chic aos vestidos de abadá.

O penteado “Beyoncé” estava em alta e valorizou o look. Apostar em um penteado atual é a garantia do sucesso! ;D

Gola alta também foi uma das tendências apresentadas nas passarelas internacionais para o inverno 2010, e Paola também já havia se antecipado! O que mais impressiona é o decote fenda que ela usou, e que apareceu ainda mais forte agora na NYFW para o inverno 2011! É ou não é uma trendsetter?

E mais impressionante ainda foi este abadá da Paola: a tal da “não”-transparência mostrando o seu colo (SPFW inverno 2010) e o famoso “Poá 3D”, que são aquelas pequenas esferas que foram aplicadas na parte transparente. A dica para continuar na tendência, então, é apostar nas micro esferas, ou poá 3D, como ficou conhecido na última SPFW. E a trança giga lateral era o penteado do momento!

Paola em outros anos, sempre dando um show de abadá!

A dica aqui para você que não é a musa do camarote e não recebe pano extra para fazer seu vestidinho de abadá é misturar tecidos ao abadá para poder “aumentar” o seu tamanho e ter mais opções de customização, como fez a Monique Evans com o tecido na cor branca que combinava com o abadá verde estampado. Outra opção é usar o micro-vestido e apostar nos acessórios para deixar o visual ainda mais poderoso. E se o seu caso é abadá tamanho baby-look e falta de tempo, tem a opção da Monique Evans usando o abadá por cima de um vestido! Ficou bem charmoso.

A mesma idéia da Monique Evans, abadá por cima de vestido. Fica muito bom:

Só tem esse abadá da Pepsi, pode ser? 🙂

Outra adepta ao vestidinho foi a Preta Gil. E para arrematar, sapato brilhante! Brilho é sempre muito bem-vindo ao carnaval, ainda mais agora que a moda anda cheia de brilho. Querem uma dica? Apostem esse ano nos shortinhos de paetês! Estão super em alta.

Paris Hilton também foi de sapato brilhante, abadá customizado em vestido, fascinator no cabelo, gargantilha (continua em alta), e vale observar o detalhezinho na barra do vestido e na cintura.

Os acessórios e complementos pretos e brilhantes trouxeram modernidade e glamour ao outro modelo de abadá usado por Paris Hilton para o Camarote Devassa.

Adriane Galisteu é outra adepta do vestido de abadá, e foi mais uma trendsetter que apostou no sapato brilhante para cair na folia. Tá lindo esse modelo balonê.

E os outros vestidos usados por Adriane (foco nos acessórios):

Carol Dieckmann se jogou na Chanel sem medo de ser feliz. Não sei se ela vai escoltada para o camarote, mas acho que aqui em Salvador não ia rolar. O abadá tá lindo, o top flúo garantiu descontração sem riscos (no caso de optar por uma lingerie à la Juju Paes), e os ombros marcados eram o auge da moda. Ainda é. Esse modelo da Carolina Dieckmann bebeu na fonte desse vestido do Jefferson Kulig da SPFW inverno 2010

Grazi Massafera de calça só teve perdão por causa do modelo de abadá escolhido. Bonito e interessante. E o brinco enorme que não precisa ser argolão-strass-piriguete. Tá linda.

Mas o melhor look de Grazi foi esse:

Franciely Freduzeski com outra opção de vestido para vocês se inspirarem, e esse colete lindo, que não foi abadá de carnaval, mas foi abadá de festa e tá valendo! Não basta fazer um colete – tem que ser um belo colete! E esse tá de parabéns.

Falando em coletes, olha aí outros modelos, nem tão bonitos quanto o da Fran, mas uma opção de look diferente para o seu abadá de todo dia. O bloco Cerveja & Cia, de Ivete Sangalo, ano passado trouxe modelos de abadá kimono inspired! Muito interessante, adorei quando encontrei foliões na rua vestidos assim. Fica só a ressalva que não é possível cortar o logo do bloco/camarote, portanto muito cuidado ao tentar transformar seu abadá em colete/kimono all by yourself. A dica é fazer que nem a Camila Pitanga e jogar o logo para o verso.

Mas você, menina sem dom para a costura e sem tempo para a costureira, pode também apelar para um coletinho do seu armário e usar com o abadá! Olha os exemplos de sucesso:

Foto bem antiga, Cláudia Leitte de macacão. E como os macacões continuam em alta, vale a pena ver de novo. Vale a pena investir num macaquinho também! Calça comprida, sei lá, não combina com o agito.

Cropped e franjas estavam e continuam em alta. Thaila Ayala, nossa BF, teve uma idéia genial! Ao invés de apenas ficar no cropped, usou uma blusinha de franjas por baixo e criou um look bem interessante!

Luana Piovani confirma a tendência do sapatinho brilhante para o carnaval! E você, não vai usar não? Ó você errada..

Um dos the best abadás ever foi esse da Maria Fernanda Cândido. Que sucesso hein? Também quero ser miss! Eu ainda jogaria uma coroazinha prateada no cabelo, e aí vocês poderiam me chamar de princesinha do Harém.

Ok, você comprou seu abadá de última hora no cambista e só lhe resta picotá-lo. Tudo bem. Faça como a Fernanda Lima. Vá com um penteado glamour digno de red carpet!

Ou então aposte em outros acessórios capilares!

Outros modelos usados por Christine Fernandes, Luiza Brunet, Ellen Jabour e Fran Zanon, para inspiração. As sandálias de amarrar no tornozelo também foram bem requisitadas no carnaval. E esse ano? Vai de oxford? Eu apostaria na máxi-anabela que tá super em alta! Ou nas open boots que ainda estão na modinha e são bem modernetes!

Mais modelos beeem fashionistas! Plumas, penas, decote nas costas com aplicações lindas (decote nas costas é o must-have hoje), ombros valorizados.. nem lembro onde peguei essas fotos, mas tem alguma coisa a ver com Vogue e Casa de Criadores, ou seja, só gente fashionista e formadora de opinião. Olha a Chiara Gadaleta lá!

Só cabe uma ressalva: muito cuidado no trajeto para o camarote. A não ser que vc seja a primeira a chegar e a última a sair, salto agulha no meio da Ondina vai ser tenso.. recomendo um salto mais grossinho, e de preferência que não seja novo. Ano passado minha sandália saiu direto do camarote pro lixo (tudo culpa do trajeto)!

Se quiserem mais idéias, tem o post do ano passado!

E por favor, nada de aplique de florzinha e fitinha do senhor do bonfim na customização do abadá!!!!! SOOOO last century!

Depois do carnaval o blog volta com as tendências de moda de Londres, Milão e Paris.

Bom carnaval!

Imagens: Reprodução
Montagens: Caçadora de Tendências

Anúncios

Sempre de olho no Guia JeansWear, nas novidades apresentadas pelos bureaus de tendências e nas self-cool-huntings 😛 , me deparei com as tendências apresentadas para o jeans do verão 2012. Efeito manchado, pesado, vintage, patchwork, militar inspired, desbotados continuam em alta. Aquilo que a gente já tem no armário ou variações que a gente não precisa ter. E camisa jeans, pra quem está todo dia pesquisando moda, vendo fotos e mais fotos de desfiles, campanhas, revistas, já não encanta mais.

Até que vem a revista Flare de janeiro e traz essa capa com 3 modeletes vestindo uma camisa jeans digna de wishlist! Que feitiço é esse?

Analisando novamente as listas de tendências futuras para o jeanswear, dá para filtrar alguns pontos novos como: jeans escuro e sem lavagem; a “Leveza Total” representando um “espírito chique, com cambraias feitas de fios ultrafinos e misturas de seda que realçam a feminilidade de vestidões e tops leves”; o workwear inspired, enfim. Informações que nos permitem retornar o olhar para a capa da Flare e visualizar certo grau de sofisticação naquelas camisas!

Angelo Marani (NYFW S/S 11)

Cèline (Paris S/S 11)

Para complementar, a Ralph Lauren vai lançar em julho uma linha denim de luxo! De trenchcoats a uma releitura do smoking, a coleção é a ratificação de que o denim sobe de patamar, o que lhe permite freqüentar ocasiões e ambientes que antes pareciam inadequados.

Mas sem exageros! Ainda há uma linha tênue entre o que pode e o que não pode em termos de jeans. O jeans vai poder ir ao escritório? E a uma festinha mais formal? Talvez. E sempre fica a ressalva: “mas que tipo de escritório? E que tipo de festinha mais formal?”. Isso significa que haverá ainda certa dificuldade na sua aceitação. O que existe é uma vontade de sofisticar o jeans. Se essa vontade for confirmada através de muitos (muitos, muitos) seguidores, a tendência é a maior aceitabilidade e usabilidade deste novo conceito.

Derek Lam (NYFW S/S 11)

Stella McCartney (Paris S/S 11)

Just Cavalli (Milão S/S 11)

Em todo o caso, subindo o dresscode ou não, está aí uma opção bem interessante para o jeans nosso de cada dia!

DSquared2, Roberto Cavalli e Iceberg (Milão S/S 11)

Tendências de New York em tempo recorde! ;P

1. Preto festão!

Not the new black – the old black! Depois de algumas temporadas com vestidões de festa em tons pastéis, nude, verde militar, o preto volta a brilhar na noite. É cíclico, vão 2 temporadas, volta o preto, vão 3, volta o preto, e por aí vai.. Mas nada de pretinho boring básico. É preto pra vestidão de festona! Old, but good.

2. Decote fenda

Bem no estilo “Clark Kent transformando-se em Superman”. 😛

3. Alcinha dupla

Uma alcinha caída, outra no lugar, mantendo o ombrinho em evidência. Seja nas ombreironas estruturadas, seja no estilo “cigana” deixando os ombros nus em contraste com as mangas cheias, temporada vai, temporada vem, e os ombrinhos continuam no foco.

4. Capuz

Me responda você, cara leitora, se quando chove e você está com uma indumentária fashionista de capuz, vc coloca o capuz na cabeça ou esquece que ele existe? Ah não, vc sempre se lembra dele quando tem que dirigir e alguma coisa muito grave entre você e o banco do carro perturba a sua concentração.

5. Gola Capuz

Se atrás o capuz incomoda, no decote traz até graça! Esse drapeadinho que forma a gola capuz é cheio de charme e está ganhando força em todas as semanas de moda worldwide.

6. Paraquedismo

Lembram da brincadeira de que o macacão do fashion rio tava mais pra “jumpsuit porque dava a sensação de roupa pra saltar de paraquedas? E de repente bate uma onda paraquedista por aqui.. não sei se são coletes (?), cintos (?), mas toda essa parafernália compondo a roupa remete à idéia de cinto de paraquedista, não? Ou então de alpinista, daqueles que permitem amarrar a corda de segurança!

7. Detalhe em preto

Da New York Bridal Fashion Show pro mundo! Os detalhes em preto nos vestidos de noiva ganharam adaptabilidade para os demais vestidos, sendo o contraste detalhe-preto & branco ainda o mais celebrado. Mas as fitinhas pretas amarradas com um lacinho também complementam a tendência.

Cintinho preto de lacinho

8. Meia-calça branca

Tão girlie

9. Touca

Vai usar?

10. Drapeado lateral

NYFW inverno 2010 apostou muito nos drapeados. Pra variar, a aposta é transportá-los para a lateral do vestido. Love it!

11. Rubro-negro

Depois da contratação de Ronaldinho Gaúcho pelo Flamengo, a coisa degringolou de vez.

12. Dourado

Gold is not the new red. O vermelhão, principalmente monocromático, continua em alta. E o douradão já é moda desde a NYFW inverno 2010. Mas agora ele está cada vez mais forte, e como esse blog é chegado num paetê dourado, não pude deixar de chamar atenção para o fato de que o logo do blog continua muito atual! ;P

13. Roxo

Roxo, lilás, grená, sei lá. As variações dessa cor estão em alta para o inverno 2011/2012 segundo as passarelas nova iorquinas.

Imagens: Fashionising, Elle.
Montagens: Caçadora de Tendências

1. Resumão de tendências da Glória Kalil

2. Poá 3D

3. Vestido longo, manga longa

4. Boca

5. Acessórios

6. Penteados

7. Maquiagem

8. Cores 

9. Pelas ruas

10. Temas

Imagens: reprodução

Ou poderia se chamar Cansei Fashion Weeks. Isso vale tanto para o Fashion Rio quanto para a SPFW desta edição: renda, militarismo, couro, velhas tendências dos desfiles internacionais, etc etc, couro, renda. Sooo boring! Entre um bocejo e outro, captei algumas “novidades” que vcs poderão encontrar nas vitrines quando o inverno chegar:

Fashion Rio Inverno 2011

  1. Sapato + Pelo: não é novidade nenhuma, já vimos a tendência das peles e pelos nas roupas do Fashion Rio inverno 2010, e nos sapatos do Outono/Inverno 2010 (internacional). A grande “sacada” é que agora os sapatos de pelo vão ser vendidos no Brasil. Zzz
  2. Barras assimétricas: não é saia de pontas, heim? São barras das saias (e até calças) tortinhas mesmo, bem no estilo ponta de estoque. Dica da Glória.
  3. Bailarina style: já apareceu aqui e já começou a bombar em versão “bailarina urbana” na edição da SPFW verão 2010, então a novidade para esta temporada brasileira são os bodies e os sapatinhos inspirados nas sapatilhas de balé. A diferença do look bailarina é que ela está menos roqueira e mais delicada dos pés à cabeça. Z.
  4. Sobreposição: todo inverno ela aparece por aí. A atualização está mais para o uso de vestidos como peças sobrepostas: vestido sobre vestido, vestido sobre calça.
  5. Jumpsuit: é o velho macacão, em bom português, mas escrevi em inglês porque a silhueta mais vista agora dá aquela sensação de que foi feito pra pular (de paraquedas, se possível). Mais soltinho, mais moleca.
  6. Saia “Aladin”: pesquisei o google inteiro pra saber o nome desse tipo de saia, mas não achei. Quando souber o nome certinho, aviso. Por enquanto, batizei de saia aladin. E as calças odaliscas também entram no embalo dessa tendência que acredito será reforçada na próxima temporada. *Chama Grecian Silhouettes (silhueta grega)!
  7. Renda Colorida: pra variar um pouquinho. Só não contem essa news pra Lala Rudge, sob pena do look do dia virar look de todo dia. Ô menina que gosta de uma renda! ;o)
  8. Saião + Camisa: truque de styling lindo de ver, preciso escrever um post grande sobre isso. Mas não é novidade, tá? Temporadas de moda e editoriais internacionais já exploram isso há algum tempo.

Pegou no sono? Já pode acordar, o post acabou! 😀

Se a barra das saias desceu, trazendo saias e vestidos longos para o foco da moda, alguma coisa tinha que subir, nem que fossem as

fendas!

Super fendas!

Para quem quer estar na moda sem deixar de justificar todo aquele esforço sobrenatural que imprime às pernas na hora do leg press na academia fazendo cara feia e tentando superfaturar a contagem do número de repetições. Se tem uma coisa na moda internacional que pega aqui no Brasil é tudo o que está relacionado ao sexy, ao sedutor, corpos em evidência… Porque usar boyfriend jeans, caftans, saruel, calças cenoura é bom até certo ponto. Mas na hora de arrasar o quarteirão, quem quer sair parecendo um saco de batata? Fashionismo exarcebado tem limite! E viva a feminilidade!

Aquilano Rimondi, Blugirl, Dsquared2, Emilio Pucci (Milão, S/S 11)

E o modelo mais celebrado nos editoriais de moda internacionais é do Balmain. Que por mais que a grife seja criticada por mostrar mais-do-mesmo estação pós estação, de uma certa maneira ela acaba ganhando o foco das atenções.

Balmain, como sempre, ditando tendências

Na festa de estréia da novela Insensato Coração teve até protagonista global ostentando a tendência. Alguma dúvida de que vai bombar nas festonas?

Paola Oliveira na festa de Insensato Coração

A convite do blog Cinema Detalhado, escrevi uma crítica sobre o filme Coco antes de Chanel! Diferente de O Diabo Veste Prada e de tantos outros filmes de moda que focam no apelo visual, achei interessante expor a minha análise sobre este filme que pouco consegui discutir com as amigas fashionistas! Então, vamos discutir filmes de moda? Dá uma passadinha lá para ler a crítica e opinar também. Adoraria saber o que acharam!

Coco Avant Chanel

 

*A propósito, aproveito para indicar a leitura do blog Cinema Detalhado , os meninos são daqui de Salvador e o blog está bem bacana! Confesso que sempre passo por lá antes de escolher um filme pra assistir! =D