Arquivo de outubro, 2010

A tendência agora é fazer a Cleópatra! As jewel-encrusted clothing, ou roupas com jóias/pedras/colares incrustados, são a materialização mais forte deste conceito.

E já desfilaram esse conceito nas semanas de moda internacionais, desde NY e Paris, até à L´Oreal Melbourne Fashion Festival. Já ostentaram os belos vestidos cleopatra inspired nos tapetes vermelhos, já divulgaram nos editoriais, e já foram vistos até na Bahia! Portanto, falta pouco pra chegar ao seu armário!

E o que Cleópatra representa? Cleópatra é um misto de luxo, poder e sedução, porém permeados pela ambição política. E, à época, Cleópatra queria mesmo era conquistar novas fronteiras! Algo que nos lembra as inspirações náutica, aviadora ou andarilha, da mulher que segue em frente a procura de novos rumos? Só que agora a mulher cleópatra sabe o que quer, tem metas definidas, e segue adiante na conquista dos seus objetivos!

A grande questão está em identificar qual o foco da mulher cleópatra de então: objetivos políticos ou amorosos? Poder e sedução eram duas vertentes presentes na história da audaciosa rainha, e podem estar traduzindo tendências para os tempos atuais também. Em ano de eleição (aqui no Brasil e nos Estados Unidos – Câmara dos Representantes, Senado, dentre outros cargos), faz até sentido pensar pelo ângulo político.

Quer mais um motivo para a tendência cleópatra ganhar força? Em 2011 será rodado o filme Cleópatra 3D, que tem como forte candidata ao papel principal a musa Angelina Jolie! =D

Muitas vezes, quando se mora ou se passa uma temporada numa cidade quente e (muito muito, oh hell!, muito) úmida, como Salvador, é preciso abrir mão de algumas tendências de beauté para poder brilhar o dia inteiro (ou a noite toda) sem ficar com a cara de ursinho panda. E quando chega o verão então, além da quentura ser maior, ainda tem outro agravante: os ensaios de verão, as festinhas sem hora para acabar e… carnaval, é claro – a prova de fogo contra qualquer maquiagem que se diz à prova d´água!

Pensando nisso, e vivendo nisso, que venho caçando maquiagens à prova d´água há muito tempo, e procurando maneiras de incorporar as tendências de maquiagem sem deixar o make derreter no meio da festa. E de tanto testar, aprovar e usar, vou compartilhar essas dicas com vcs! O mais bacana é que as marcas de cosméticos têm voltado os seus olhares para os produtos à prova d´água, o que é uma tendência que promete trazer bons frutos – com uma maior variedade de produtos e cores mais resistentes às transpirações. Porque né? As grandes emoções da vida nos fazem borrar a maquiagem, e o que a  gente quer mesmo é estar sempre linda em todos os momentos!

Só uma última ressalva: em se tratando de verão, menos é MAIS! Quando for para a festa de axé, principalmente se for na pista ou no bloco, tente esquecer pó, base, corretivo. Você vai suar, vão pisar no seu pé, derramar cerveja no seu cabelo, e, com sorte, se chover, vai ser ao final da festa. Sem contar que super produção pra carnaval e derivados é um tanto over! Vc pode arriscar uma sombra à prova d´água e um kit primer e spray fixador de maquiagem, mas nessas situações, quanto mais produtos no seu rosto, mais detonada e oleosa pode ficar a sua pele com tanta gente junta, pulando, por mais estátua e cercada de ar condicionado que vc esteja. Pra curtir sem estresse de checar o espelho, o truque é investir nos acessórios, num belo modelo de abadá e nas dicas básicas (indispensáveis) a seguir!

1. Lápis

Lápis à prova d´água é uma preciosidade que vale para o ano todo na vida soteropolitana!

Outra dica para o segmento “lápis”: não dêem ouvidos aos vendedores chatinhos de uma marca que não tem a opção à prova d´água e tentam te empurrar um lápis “de boa fixação”. Isso não vale para a umidade de Salvador! Faz assim: faça um risco nas costas da mão e depois tente limpar esse risco com a outra mão. Se borrar ou apagar facilmente, já não serve. Se continuar intacto, é o lápis da sua vida!

I – Lápis retrátil à prova d´água Make B. – O Boticário

Pena que só tem nas cores preta e marrom, mas vale muito à pena, principalmente porque custa cerca de R$ 26,90. Chego a comprar de 2 a 3 desses por ano. É à prova d´água, mas vai embora que nem água, de tanto que eu uso!

Lápis à prova d´água O Boticário

II – Le Crayon Khôl Waterproof – Lancôme

Uma opção mais sofisticada! O traço é maravilhoso e tem mais opções de cores para vc fugir do pretinho básico e dar um upgrade no seu make básico de ensaio de verão. O site da Sack´s mostra as opções de cores, mas até hoje só encontrei no tom raisin noir. Quando encontrar o azul marinho, arremato o meu! Custa cerca de R$102,90.

Lápis à prova d´água Lancôme

2. Rímel

O que tenho percebido em alguns rímeis à prova d´água é o seguinte: mesmo que chova muito, você não vai ficar com cara de panda. Por quê? Porque eles não borram – eles simplesmente quebram e vão embora sem te deixar vamp!

I – Ôscillation Water Resistant – Lancôme

Na verdade, o que eu uso nem é o water resistant nem nada, e funciona super bem. Mas já lançaram a versão à prova d´água, e, claro, é bem mais poderoso! O ôscillation é aquele da escovinha vibratória! Além de ter uma fixação maravilhosa, o rímel é muito bom. Custa cerca de R$ 142,00.

Ôscillation Lancôme

II – Super Extend e Super Curlacious – Avon

E tem as opções mais em conta, que são esses dois rímeis da Avon que ganhei outro dia e testei num ensaio de verão! Também um sucesso, ainda não testei no carnaval, mas dá pra apostar, visto que já são naturalmente “à prova d´água”. A diferença é que o Super Extend (R$ 14,99) promete alongar e o Super Curlacious (R$ 19,00) promete curvar. Mas eu usei os dois de vez, não podia? =D

Rímeis à prova d´água Avon

 *Dica Bônus: cílios postiços são uma boa pedida para os camarotes!

3. Blush

Ainda não achei nenhum blush à prova d´água para comprar, então encontrei a solução pra essa agonia: tenho apostado na regra da mistura de texturas para fixar mais. Gosto muito dos blushes em creme para esses eventos porque eles grudam na pele, e como a idéia aqui é evitar passar base e pó, eles fixam bem porque o contato é direto creme-pele. E por cima deles a dica é passar qualquer outro blush em pó para garantir a fixação. Too much information? Não, saúde nunca é demais.

Esse em creme que indico é o da Contém 1g e custa cerca de R$ 24,00. Mas tem em várias outras marcas, tem na Maybelline e tem na MAC, por exemplo, mas ainda não os testei.

Blushes em creme Contem 1g

4. Batom

Sinceramente? Ensaio de verão e batom não combinam muito! Mas caso você queira MUITO usar uma cor nos lábios, o segredo da fixação do batom é quase o mesmo do blush: mistura de produtos! Para isso, um corretivo de boa qualidade, um lápis de boca (faz muita diferença!), e a mistura de dois batons garantem maior durabilidade. O ideal é que pelo menos um dos batons seja especialmente de longa duração. Tem esse teste de batons no site da Lilian Pacce que é perfeito para a situação (hehe): O batom perfeito para beijar seu namorado… sem sujá-lo!

I – Corretivo

II – Lápis de contorno de boca

III – Batom de boa fixação

IV – Misturar com outro batom (que aqui não precisa ser um super MAC)

Kit fixação de batom!

Essas foram as dicas básicas de produtos que já testei e são fáceis de encontrar por aqui!

Dica bônus: a vasta lista de produtos water resistant maravilhosos da Sephora!

Se tiverem mais dicas, podem compartilhar nos comments! ;o)

Lembrando que o Ensaio do Harém já começou!!

O Baile de Máscaras de 90 anos da Vogue Paris, os voilettes como evolução dos fascinators pipocando nos editoriais e desfiles, a coleção de máscara para noivos desenvolvidos por Fábio Sande aqui na Bahia, e só neste final de semana fui a dois casamentos que já tinham aderido às máscaras para o baile, máscaras de luxo! E tem Halloween no final do mês para impulsionar ainda mais esse desejo de máscara!

Não é por nada não, mas acho que Baile de Máscaras is the new Festa a Fantasia!

E, como dito acima, tem o voilette, que seria uma alternativa de “mascarar” o rosto quando a ocasião é de festa, mas não pede máscaras mais elaboradas, muito embora tinha até no Baile da Vogue o voilette fazendo as vezes de máscara! Tá valendo.

E as máscaras em casamentos are the new óculos de coração!

Máscaras dos Noivos por Fábio Sande

1. Cores

Cartela de Cores Verão 2011

2. Óculos

Luxottica apresenta tendências em óculos escuros para o verão 2011 

3. Cabelo

Cabelo natural e com textura seca é aposta para o verão

Cabelo médio e comportado VS ondas fatais – Top hairstylists entregam qual será afinal o cabelo do verão 2011

4. Lingerie

As lingeries que estarão em alta na primavera / verão 2010 – 2011

5. Sapatos

Sapatos do verão 2011 são metalizados, transparentes tipo tamancos ou com salto gatinho

6. Maquiagem

Conversinha com Vanessa Rozan

Maquiadora Senior da MAC aponta as tendências da beleza para o verão 2011

7. Esmaltes

Esmaltes para o verão 2011!

8. Guarda-roupa de trabalho

Confira as tendências de verão apresentadas na SPFW para o ambiente profissional 

9. Hits

Escolhas quentes dos editores de moda

Hits do verão 2011

10. Antitendência

O que as fashionistas não vão usar no verão 2011

***Quer mais links bons sobre tendências? Segue o Twitter do blog! ;o)

Aqui no blog tem as tendências das principais fashion weeks pelo mundo, e as principais do Brasil, e até as de vestidos de noivas, mas, de todas, a que eu mais gostei de analisar foi essa desse post aqui: o Barra Fashion Mall! Tendências da minha terra, com desfiles que eu vi ao vivo, tive acesso aos releases, enfim, não poderia ser mais perfeito!

Então você baiana que quer saber o que já está bombando nas araras das lojas de Salvador para se preparar para o verão (ou melhor, pra usar djá, que o verão já chegou por aqui), ou você turista que quer saber o que vai estar em alta na terra do axé, ou você leitora do mundo jet setter que adora saber uma novidade, se liguem nas tendências mais quentes:

1. Volume

Se vc cansou da silhueta apertadinha com aquela bolsinha apertadinha, sapatinho meia pata apertadinho, pra chegar na Just 1 ou na club Ego e tentar arriscar sem sucesso alguns passinhos de dança, já pode respirar aliviada! Está chegando como alternativa uma modinha mais solta, mais volumosa, de silhueta mais confortável, seja nas sainhas, seja na parte de cima, seja no vestido como um todo!

E essa tendência do volume traz também o efeito 3D, que é essa parte de pano que salta da roupa, seja babadinho, seja em formato mais estruturado/arquitetônico, seja o floral 3D. Acho bem moderno, apesar de que sair toda trabalhada no volume é meio arriscado e quebra bastante a feminilidade do look. Mas um pouquinho de volume faz super bem se localizado em regiões estratégicas! ;o)

2. Assimetria

A modinha de um ombro só está nas alturas, pode se apegar a ela! Mas não só de um ombro se vive a assimetria, e os vestidos de cortes irregulares também entram na onda! Esse vestido estilo o da Mari Weickert (Alphorria) vai brilhar nas festonas noturnas de verão.

3. Transparências

E o desfile coletivo da Vivire heim? Todo na tendência das transparências, do jogo do mostra-esconde que fica perfeito em se tratando de praia, quando mostrar o biquini está liberado geral (diferente de mostrar a lingerie né?). Mas quando não se está na praia, vale apostar na não-transparência, usando a peça fina por cima das roupas como uma “capinha” ou dando um efeito sombreado. Assim, a transparência vai até o vestido de festa (Fábio Sande) evidenciando o não óbvio.

4. Cintura alta

Continua forte. Não só nas saias, mas também nos shorts e biquinis, sempre curtos, bem verão.

5. Desenhos geométricos

É a estampa da vez! Floral está sempre em alta, principalmente na primavera-verão, mas pra ficar com cara de século XXI, embarque na geometria. Misturar estampas geométricas então… é informação de moda das boas para o seu look!

6. Foco nos colares

Os colares neste verão serão extensão da roupa, muitas vezes atraindo o foco para si. Quanto mais pedras, quanto mais voltas, quanto mais colares, e aí, de quebra, vc já pode até virar baiana do acarajé ! Hehe ;D

Mas, vejamos, olha que riqueza esses modelos abaixo, e olha que diferenciado esse colar com efeito de renda da Nina! E o mais atual são as jewel-encrusted clothing, que são aquelas roupas que já dão o efeito de colar ou outras jóias costuradas na própria peça! É super tendência e foi aposta da Alphorria e do estilista baiano Fábio Sande. Muito glamour!

7. Macacão

Desde o verão passado que a tendência vem se fortalecendo, e agora está mais fácil achar macacões ou macaquinhos dos mais diversos modelos por aqui. E os dessa vez são mais soltinhos, seguindo a tendência da silhueta solta, com pantalonas, gancho baixo, ou efeito “blusê” na parte de cima. Macacão é tudo de bom no verão!

Querem saber mais? Na coletiva de imprensa do Barra Fashion Mall, a estilista da Alphorria, Edna Thibau, “largou o doce” de mais algumas tendências boas deste verão:

8. Cores vibrantes x Nude x Azúis fortes, verde água e turquesa;

9. Estampas com movimento (águas, ecológicas e curvas);

10. Fluidez;

11. Flores / estampa liberty;

12. Minimalismo;

13. Romântico;

14. Tecidos memories (tecidos que têm memória! Desamassam facilmente), evidenciando os minerais: ouro, prata e bronze;

15. Seda casual de leve à pesada. Delavadas e as estonadas;

16. Linho amassado, com leve brilho e no jeans;

17. Shape drapeado (olha aí a opção pra quem adora um shape mais coladinho);

18. Vestido tubo;

19. Manga curta e elaborada / Origami na manga;

20. Cintura marcada;

21. Saia lápis;

22. Saia godê (anos 50 e 60);

23. Pantalona;

24. Gancho baixo continua só que desta vez na calça cenoura (e a saruel perde força);

25. Calçados altíssimos e muita madeira.

Imagens: Débora Paes
Montagens: Caçadora de Tendências

As jóias caminham em sentido diametralmente oposto às tendências de moda. À medida em que a moda se atualiza com as tendências, quanto menos tendências de moda são associadas às jóias, mais atuais elas continuam!

O embaixador da H. Stern no Brasil, Christian Hallot, veio a Salvador para palestrar sobre “Os movimentos Art Nouveau e Art Déco na joalheria e na moda” no Barra Fashion Mall. Aproveitei a ocasião para conversar com ele sobre essa relação das “jóias x tendências”.

Christian Hallot palestra sobre "Os movimentos Art Nouveau e Art Déco na joalheria e na moda", no Barra Fashion Mall

Segundo Hallot, o máximo que pode acontecer com as jóias para atualizá-las sem que percam o valor é a tentativa de torná-las um “clássico revisitado”, mantendo sempre a sua atemporalidade (diferente das roupas que freqüentemente saem de moda). Assim, em se tratando de tendências para jóias pode-se falar em aspectos como: mais ouro branco do que ouro amarelo, mais brilhosas, mais foscas, textura, acabamento, aspecto, variação dos metais e das pedras preciosas, que são, ainda assim, tendências de longo prazo. A associação de outros materiais (plumas, palhas, enfim) faz as jóias perderem o seu valor, sendo que, neste caso, Hallot prefere desclassificar esses ornamentos do patamar de jóia.

Outro comparativo com as tendências de moda: quanto mais manufaturada a jóia, mais valor ela tem (enquanto a moda, produzida em larga escala, contribui com a disseminação do desejo do seu uso, fortalecendo determinada tendência).

E o Art Nouveau (1890 – 1918) e o Art Déco (1918 – 1940) não representariam uma “tendência” de busca de referências passadas para o design das jóias?

Christian Hallot afirma que o Art Nouveau e o Art Déco, por mais que tenham surgido em determinado momento do passado, são atemporais, já que, desde que apareceram, estão presentes de algum modo em todas as jóias até os dias de hoje. Daí a importância do contexto histórico para a criação de uma jóia.

Neste caso, por que algumas jóias caem em desuso?  

Complementando o raciocínio, Hallot explica que isso acontece porque tal jóia nasceu sem embasamento histórico, sem conceito. Um design bonito pelo simples prazer do design, sem contexto, ameaça a usabilidade da jóia, pois a empurra para o furacão das tendências de “moda fashion”. 

Porém, como as jóias hoje são de fato um acessório de estilo, e não mais consideradas como “reserva de valor”, como no passado, a estética conta muito e é preciso acompanhar a mulher moderna com um design novo. Assim é importante tecer sobre o processo de criação o “olhar do joalheiro”, dissociado das “tendencinhas mastigadas” de feiras de jóias e incorporado a um contexto muito mais amplo, voltado não só para as jóias em si, como também para as diversas artes: música, dança e arquitetura, por exemplo.

Conclui Hallot que a imersão dos designers no cotidiano dessas inspirações é que vai dar esse olhar novo e influenciado, contribuindo para perpetuar o uso da jóia para além das tendências de “moda fashion”.  

Inspiração embasada: jóias H. Stern inspiradas em Oscar Niemeyer, Diane Von Furstenberg e Grupo Corpo

Acesse o blog Adoro Jóias para saber tudo sobre jóias e outros melhores amigos das mulheres! Além do próprio Christian Hallot, quem também escreve o blog são a Constanza Pascolato, a Renata Ruiz, a Cristiane Peixoto e a querida Roberta Rossetto. Recomendo a leitura!